Western Star 49X recebe motores maiores com 605 cavalos e capô maior

A Western Star anunciou novidade para o modelo vocacional 49X: Um capô maior, chamado de Power Hood. Apesar do anúncio principal não chamar tanta atenção, ele servirá para abrigar duas novas opções de motores, o Detroit DD16, com 600 cavalos de potência e 2.800 Nm de torque, e também o Cummins X15, com 605 cavalos e a mesma faixa de torque.

A alteração no capô é necessária para abrigar o novo radiador, bem maior para esses novos motores. O Power Hood é feito do mesmo material de resina moldada resistente a impactos, durável e leve que o capô tradicional do modelo, que é mais inclinado com os motores menores. Na nova versão, o eixo dianteiro também é mais avançado.

“O 49X já é o caminhão vocacional mais avançado do mercado. Esses novos recursos o tornam mais poderoso e versátil para que possa oferecer desempenho e resultados ainda melhores para os clientes. Os fiéis clientes da Western Star apreciarão como o design mais tradicional do Power Hood evoca a herança histórica da marca”, disse Mary Aufdemberg, gerente geral de estratégia de produto e desenvolvimento de mercado da Daimler Truck North America.

De acordo com a montadora, as novas opções para o modelo começarão a ser produzidas em setembro, mas já podem ser encomendadas pelos clientes a partir de agora.

Novo modelo 57X

Algumas imagens dos novos caminhões Classe 8 da Western Star foram publicadas em um grupo nas redes sociais, mostrando que o novo caminhão da marca norte-americana será baseado no novo Freigthliner Cascadia.

Western Star e Freightliner são marcas que pertencem à Daimler Trucks North America, e tem como marca irmã a Mercedes-Benz, na Europa. O Freightliner Cascadia da nova geração pode ser equipado com motores Detroit, oferecendo potências entre 350 e 615 cavalos, e é o caminhão pesado mais vendido dos Estados Unidos.

No final do ano passado, a Daimler Trucks North America confirmou o encerramento da produção do caminhão 5700XE, produzido pela Western Star até então. A decisão já era esperada, devido a vários clientes terem seus pedidos cancelados para o modelo nas semanas anteriores ao anúncio.

Western Star 5700XE

“A DTNA decidiu interromper a produção do Western Star 5700 XE, no final do ano de 2021. Desde 2015, o 5700XE atendeu com sucesso a necessidade do mercado para o segmento premium de rodovias, anteriormente sem solução, e a Western Star continuará a atender a esse segmento e aos nossos valiosos clientes no futuro”, disse a empresa, em comunicado na época.

Com o encerramento da produção do 5700XE, já era esperado o lançamento de um novo caminhão na linha X, que foi apresentada inicialmente com os caminhões vocacionais 49X e 47X. O novo caminhão rodoviário da marca deverá ser então o 57X.

Nos novos caminhões, fotografados por Richard Olson, em Portland, no estado norte-americano do Oregon, o que difere dos Cascadia é exclusivamente o capô. O restante do design foi mantido. As novas linhas do capô remetem ao Western Star 49X, com nova grade, faróis mais modernos e novo para-choque.

O projeto do Western Star 5700XE, que parou de ser produzido em novembro, já tinha cerca de 25 anos, passando por diversas atualizações de design e tecnologia. Com a utilização do Cascadia como base para o novo modelo, a Western Star reduz custos de desenvolvimento e pode atrair clientes que querem contar com a confiabilidade Freighliner, mas com um design diferenciado.

A data de lançamento oficial do modelo ainda não foi divulgada.

Novo modelo em testes

Deixe um comentário!

Auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros é aprovado Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro Scania já teve 13 séries especiais no Brasil Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu