Grupo Figueiredo realiza simulado de tombamento com bobina de aço

Visando uma maior segurança no transporte de bobinas de aço, foi realizado recentemente um teste de tombamento com um novo sistema de fixação da carga. O teste foi realizado pelo Grupo Figueiredo, referência no transporte de material siderúrgico no Brasil.

A fixação de cargas siderúrgicas passou a contar com a Resolução 821/2021 do Contran, que permitiu o transporte desses materiais com fixação mecânica, diretamente no chassi do implemento, sem a necessidade de uso de cintas ou correntes.

Essa fixação mecânica consiste na fixação direta da carga ao chassi da carreta, com uso de perfis metálicos e um berço que recebe a carga. Caso haja acidente, a carga não se desprende desse berço, evitando o agravamento dos sinistros.

Durante o teste foi usado um carrinho simulando o chassi de uma carreta, especialmente construído para o transporte de uma bobina. Mesmo rolando cerca de 20 metros durante o capotamento, a carga não se desprendeu do sistema, o que destaca a segurança desse tipo de transporte.

3 comentários

Marciano machado 25/09/2022 - 19:46

Eles só pensam na carga, qual é a vantagem de levar o caminhão e o motorista junto? Fazendo com que o contran aprove este tipo de amarração só eles vão poder transportar, pois com este tipo de carreta só vai dar para fazer transporte exclusivo. Só os grandes vão comer do setor de transporte de bobina,sou autônomo e transporto bobina a 17 anos, já transportei no berço e hoje na bobineira, nunca tive um acidente com este tipo de carga graças a Deus. Estão tentando mais uma vez excluir o terceiro do mercado

Reply
FABIO OLIVEIRA 12/09/2022 - 13:48

É PAULO PENSO NA MESMA SITUAÇÃO ELES PREUCUPADOS COM A BOBINA QUE EM CASO DE ACIDENTE O GUICHO RESGATA E A VIDA DO MOTORISTAS ROLANDO EM UMA RIBAMCEIRA ELES VÃO RESUCITAR POR QUE NESSA SITAÇÃO NÃO SOBRA NADA DA CABINE.
QUANDO ERA CRIANÇA MORAVA NO PATIO DA TRANSP. DO MEU TIO E ACONTCEU UM ACIDENTE COM UM MOTORISTA DELE E (FALECEU) NO LOCAL.
ELES TRANSP. BOBINAS DE SP CAPITAL PRA SANTOS EXPORTAÇÃO AI OS GUARDA RODOVIARIOS VENDO BASTANTE FLUXO DE CARRETAS DECENDO A SERRA CARREGADAS COM BOBINAS ELES OBRIGARÃO A PASSAR CABO DE AÇO NAS BOBINAS E INFELISMENTE NAS PRIMEIRAS CARGA UMA CARRETA TEVE PROBLEMA DE FALTA DE AR E O MOTORISTA DESESPERADO JOGO NO ACOSTAMENTO PRA FASER O (RABO DE ARRAIA) TIPO JOGAR AS BOBINAS FORA DA CARRETA MAS OS CABOS SEGUROU E TOMBO E MORREU ESMAGADO PELAS BOBINAS NA CABINE VEIO TD PRA SIMA DELE.
NAS MESMA HR DO ACORRIDO LIBEROU DESCER AS OUTRAS CARRETAS SEM CABO DE AÇO. FATO QUE ACONTECEU NA SERRA DE SANTOS. ISSO A UNS 35 ANOS ATRÁS.
É FACIL ELES TOMBAREM UMA BOBINA PADARO QUERO VER ELA PARAR EM CIMA DA CERRETA NA VELOCIDADE DE 80KM OU MAIS NÃO SOBRA NADA DA CARRETA E O MOTORISTA SÓ POR DEUS.

Reply
Paulo 12/09/2022 - 13:04

99% das vezes que um carreta tomba ela não se desprendo do cavalo assim tudo rola pela ribanceira o motorista vai junto. Será que a figueredo cú de cachurro também esta procupada na seguraça de um pai de familía seus caminhoes? ” a bobina não era nem para ser amarrada para cair sozinha” estão visando lucrous qualidade e eficincia no que fazer e esqueçendo do ser humano
32 999581769

Reply

Deixe um comentário!

Ford AA Konings Siam – O curioso caminhão duplo da década de 1930 Conheça a rodovia mais longa do Brasil Velho caminhão americano é transformado em carro de passeio muito estiloso Você sabia que o 1° FNM produzido no Brasil era bicudo Conheça os coloridos caminhões do Paquistão