Petrobras diz que valores do diesel e gasolina não estão defasados

Na última quarta-feira, 26 de outubro, a Petrobras teve uma reunião com seu conselho de administração, e foi feita uma apresentação mostrando que o valor do diesel e gasolina seguem alinhados com o mercado internacional, sem a defasagem apontada pela Associação Brasileira de Importadores de Combustíveis (Abicom).

De acordo com a Abicom, o valor do diesel deveria subir até 16% nas refinarias, cerca de R$ 1,00 por litro, para se alinhar aos preços do mercado internacional. Sem isso, as empresas importadoras de combustível trabalham com prejuízo, o que limita a oferta de combustíveis no país.

Apesar de a Petrobras ser a maior empresa e deter o monopólio de preços no setor, ela não é a única, operando ao lado de diversas outras importadoras menores, que detém uma fatia importante do mercado.

De acordo com a Petrobras, a defasagem apontada por entidades externas se dá por diferenças nas metodologias adotadas. Para a Petrobras, o preço da gasolina está alinhado, e o do diesel muito próximo do valor internacional.

Com isso, a Petrobras não prevê reajustar o valor dos combustíveis nos próximos dias.

Deixe um comentário!

Na década de 1980, caminhão elétrico já era realidade no Brasil Conheça os caminhões mais vendidos do Brasil em novembro Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA