PRF flagra carreta rodando a 10 km/h em rodovia e descobre 40 toneladas de excesso de peso na carga

Na tarde de terça-feira, 25 de outubro, a Polícia Rodoviária Federal flagrou uma carreta rodando em velocidade muito baixa no Km 880 da BR 101 em Teixeira de Freitas-BA. De acordo com os agentes, o Volvo FH 540 transportava uma carga de milho, que estava com volume aparentemente acima da capacidade. Ele viajava em velocidade reduzida, de apenas 10 Km/h, e estava com pneus abaulados, características evidentes de excesso de peso.

Ao ser levado para pesagem em uma balança, foi apontado o Peso Bruto Total Combinado de 98 toneladas. O excesso de peso gerou uma multa de natureza gravíssima, referente a infração de trânsito prevista no art. 231, inciso V do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Acima de 1000 kg de excesso, a infração é punida com multa de R$ 191,54 aplicada a cada 500 kg ou fração de excesso de peso apurado.

Além disso, o motorista foi autuado também pela infração do artigo 231, inciso X de Transitar com o veículo excedendo a CMT acima de 1.000Kg. O caminhão só será liberado após transbordo da mercadoria excedente.

4 comentários

Jose wilson alves barbosa 29/10/2022 - 17:02

Rodotrem precisa de documento especial autorização para poder trafegar em algumas rodovias .

Reply
Eric Domingos 29/10/2022 - 08:59

Sou totalmente contra a qualquer kilo de peso , pois inventaram a carreta 5 eixos não ficaram satisfeitos inventaram a carreta 6 eixos não ficaram satisfeitos, inventaram o bitrem 7 eixos não ficaram satisfeitos, inventaram o 9 eixos não ficaram satisfeitos na minha opinião a multa tem que ser aquela que arrebenta com o indivíduo pra ele aprender a respeitar normas , quer valorizar frete carregando excesso de peso , a PRF tem que por pra lascar nesses casos aí , parabéns PRF.

Reply
iverson silva 28/10/2022 - 11:05

legal é aqueles canavieiro que transporta 110 tonelada de cana é ninguém ve passa batido..

Reply
Jorandi Sutil Rodrigues 27/10/2022 - 07:29

A PRF deveria fiscalizar peso é no trecho de Curitiba à São Paulo ,onde os trucks estão trafegando com o dobro da capacidade , eles só rodam à noite pois não existe fiscalização,com esses PRFs nutelas que temos que não trabalham a noite (É só ir nos postos da PRF pra verificar ,ou estão dormindo em casa ou nos alojamentos ),esse pessoal do excesso deita e rola

Reply

Deixe um comentário!

Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta Uso do celular aumenta entre motoristas