Scania chega a 500 mil veículos conectados em todo o mundo

Nos 100 países em que a Scania atua já existem mais de 500 mil caminhões conectados, gerando uma infinidade de dados para análise. A Scania foi a primeira montadora a atuar nesse segmento.

Desde 2012, todo caminhão Scania recebe um módulo de comunicação, o Scania Comunicator, que já podia ser ativado para fornecer dados de desempenho do veículo ao transportador e à própria Scania.

“É vital em nossa jornada para nos tornarmos um fornecedor de soluções de transporte sustentável de ponta a ponta. A Scania não estaria onde está hoje em termos de conhecimento sobre produtos e comportamento do cliente, sem o primeiro veículo conectado há cerca de 20 anos, tornando isso possível. O Fleet Management Portal e, posteriormente, o lançamento do nosso próprio comunicador em 2009 também foram marcos estrategicamente importantes – sem mencionar os vários prêmios de telemetria conquistados pela Scania na última década”, disse o Gerente de Produto Líder para Serviços de Gerenciamento de Frotas, Venugopal Gangaiah.

A Scania atingiu o marco de 100 mil veículos conectados em 2014, e o número de caminhões equipados com a tecnologia subiu cerca de 60 mil ao ano, totalizando 500 mil agora. Motores industriais e motores marítimos também podem receber o sistema e se conectarem, fornecendo os dados de desempenho.

Embora todos os veículos novos saiam de fábrica equipados com um dispositivo de comunicação, os clientes precisam assinar um contrato antes que a Scania possa processar os dados de seus veículos, permitindo pacotes de serviços comerciais de vários níveis.

“Os clientes que aproveitam ao máximo os serviços conectados podem realmente ver os benefícios dos dados disponíveis. Como exemplo, o cliente sueco LindholmsGruppen, fabricante de casas de madeira, com serrarias e com todos os transportes internos, mencionou esses serviços em seu relatório anual de sustentabilidade, como uma ferramenta útil para atingir suas metas de eficiência e redução de emissões”, diz Eva Sahlström, Gerente de Projetos e Comunicações de Vendas e Marketing.

Atualmente, os clientes podem acompanhar seus veículos com base nas categorias de motor ou combustível. Com o aumento da eletrificação dos transportes pesados, mais marcos estão no horizonte. Hardware e software atualizados também possibilitarão o rastreamento do desempenho de veículos elétricos a bateria (BEV).

“O atual comunicador C300 será atualizado para um C400 na próxima etapa, permitindo uma coleta e análise de dados mais rápida e avançada. Isso resultará em serviços ainda mais modulares e personalizados e é um pré-requisito para atingir nossas metas de descarbonização. Os dados de emissões mostram os dados de consumo do veículo, mas em breve será possível visualizar os números desde a produção do combustível até o seu consumo no veículo”, disse Venugupal.

Deixe um comentário!

Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos