Scania 112H único no mundo foi vendido na Europa

Já falamos aqui no Blog do Caminhoneiro sobre o “Scanflyer”. O modelo é um Scania 112H, fabricado em 1980, que recebeu uma modificação completa para se tornar uma das casas sobre rodas mais modernas de sua época.

Scanflyer – Um Scania 112H transformado em um motorhome com a cara dos anos 1980

Ele tem mais dois irmão da mesma época, que não são iguais a ele, e também foi construído o Royal Eagle, que é um Scania 143 transformado nos anos 1990.

Conheça o Royal Eagle – Um Scania 143 como você nunca viu

A história conta que o Scanflyer foi apresentado numa feira chamada de Essen Motor Show, em 1980, e foi a estrela daquele evento. Com cerca de 18 toneladas, o Scania 112H convertido em um motorhome era algo único, construído sobre um caminhão que também era novidade.

Um dos grandes destaques, como você já deve ter notado na imagem acima, é o sistema de abertura das portas do motorhome, que abrem para cima. São 12 metros de comprimento, 2,45 metros de largura e 3,85 de altura, que comportam uma família com requinte, para o estilo dos anos 1980.

Equipado com o motor de 11 litros, com 280 cavalos de potência, o motorhome tinha uma média de consumo de cerca de 4 km/l, podendo rodar a até 85 km/h.

São pouco mais de 22 mil quilômetros rodados em quarenta anos, o que mostra que, apesar do estilo e conforto, o veículo não foi uma casa em tempo integral.

Por fora, além das portas, que abrem diferente do normal, o veículo recebeu um novo para-choque, uma carenagem que integra a cabine ao motorhome, e teto alto, além de escapamento vertical. Na traseira, uma garagem com espaço para um carro pequeno e baixo.

No interior, tudo é recoberto com couro branco, e o veículo tem espaços bem divididos, com o quarto principal na traseira, cozinha, mesa e sofá, e muitos armários. O veículo também tem uma banheiro completo, e a área envidraçada é imensa.

Para manter o veículo agradável, mesmo em condições severas de clima, o motorhome tem um potente sistema de ar-condicionado.

Recentemente, o caminhão acabou sendo colocado à venda, pela empresa Versteijnen Trucks, da Holanda. Ele nem bem foi anunciado, e logo foi vendido. A Versteijnen Trucks pensava em usar o caminhão para publicidade, mas acabou negociando o gigante com a De Ceuster NXT, que atua com locação de caminhões.

A partir de agora, o Scanflyer será usado pela equipe de ciclismo De Ceuster Bonache Cycling Team, em eventos espalhados por toda a Europa.

Deixe um comentário!

Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta Uso do celular aumenta entre motoristas Rebite – Um grande vilão nas estradas Volkswagen apresenta caminhão conceito Optimus