Scania produz o último caminhão NTG na Europa

O último caminhão NTG da Scania na Europa foi produzido no último dia 21 de novembro, na fábrica da montadora em Zwolle, nos Países Baixos. Não se trata de um encerramento da produção dos veículos da marca, mas uma mudança de tecnologia.

A partir de agora, a linha de montagem será responsável exclusivamente pela produção da linha de caminhões equipados com motores Super, lançados em novembro de 2021 na Europa e em outubro de 2022 no Brasil.

Esses motores usavam o mesmo projeto desde 2013, quando foi lançada a linha Streamline. A linha NTG, que chegou em 2016, usava a mesma plataforma, que foi atualizada para atender ao padrões de emissões cada vez mais rígidos na Europa.

De acordo com a Scania Zwolle, os últimos caminhões da NTG saíram da linha de montagem Pollux (9h30) e da linha Castor (13h).

Zwolle ainda produzia caminhões com motores NTG, enquanto Södertälje, na Suécia, e Angers, na França, se dedicavam às novas unidades de potência, os Super.

Após o encerramento da produção, a fábrica parou totalmente para ser atualizada à montagem de caminhões Super. Zwolle voltará a produzir no próximo dia 29 de outubro.

A linha de motores tradicionais continua no Brasil, junto com a Super, que foi apresentada em outubro. No Brasil, a linha Super conta com potências de 420, 460, 500 e 560 cavalos. Os motores de 13 litros na linha tradicional trazem potências de 370, 450 e 500 cavalos.

Deixe um comentário!

Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos