Caminhão à gás será usado em operação de coleta de lixo no Rio de Janeiro

O primeiro caminhão compactador para coleta domiciliar com motor movido a Gás Natural Veicular (GNV) será apresentado hoje no Rio de Janeiro, em evento que ocorre na Avenida Atlântica, em frente ao Copacabana Palace. O gás natural é mais limpo do que o diesel, gerando menos emissões de poluentes.

O novo veículo tem nível de ruído bem menor, o que favorece a coleta noturna, e é quase inodoro em comparação com o motor a diesel. Ele conta com redução considerável de emissão de poluentes na atmosfera, possui chassis Scania, precursora na oferta de veículos movidos a gás no Brasil, e passará por período de testes.

Técnicos da Companhia vão colocá-lo em operação com o objetivo de comprovar algumas vantagens em relação ao diesel, como melhor custo por tanque e autonomia.

Segundo a empresa fornecedora, encher os cilindros de gás equivale a uma economia de cerca de R$300 em relação a um tanque de combustível a diesel. Além disso, o veículo roda cerca de 20% mais quilômetros por tanque em relação ao veículo convencional.

Vale ressaltar que o Brasil é pioneiro na substituição de diesel por GNV, e o que o grau de pureza do ar se reflete diretamente na saúde da população.

Na frota de coleta da Comlurb já existem 16 caminhões compactadores 100% elétricos, com emissão zero de gases de efeito estufa.

Caso seja aprovado no teste, o caminhão movido a GNV poderá ser incluído em futuros contratos/licitações de frota.

Deixe um comentário!

Na década de 1980, caminhão elétrico já era realidade no Brasil Conheça os caminhões mais vendidos do Brasil em novembro Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA