CaminhõesDestaquesNotíciasNotíciasNovidadesOnibus

Entenda como funciona o programa de renovação de frota do Governo Federal

A Medida Provisória 1175/2023, publicada ontem no Diário Oficial da União, traz informações importantes sobre o “mecanismo de desconto patrocinado na aquisição de veículos sustentáveis.”

O texto, do Governo Federal traz o funcionamento dos descontos para aquisição de veículos de todos os tipos, com destinação de R$ 1,5 bilhão do governo para o programa.

De acordo com o texto, no caso dos caminhões, o valor total dos recursos é de R$ 700 milhões, permitindo a concessão de descontos que ficam entre R$ 33.600 e R$ 80.300, dependendo do tamanho do caminhão.

Para se habilitarem ao programa, os interessados precisarão destinar um caminhão com mais de 20 anos para reciclagem. Esse veículo deverá ter emplacamento original superior aos 20 anos e licenciamento em dia.

Com a entrega do veículo para sucateamento, o interessado poderá comprar outro caminhão, da mesma categoria ou de categoria inferior, com descontos variando entre R$ 33.600 e R$ 80.300.

A concessionária responsável pela negociação deverá fazer a baixa definitiva do veículo antigo e entregá-lo para reciclagem em empresas autorizadas.

Quando o veículo for devidamente destruído, impossibilitando sua volta às ruas, a empresa recebe um certificado, que permite o reembolso pela montadora do desconto concedido ao consumidor final.

O programa vale para caminhões com Peso Bruto Total (PBT) de 3,5 toneladas ou mais e os descontos se dão conforme abaixo

  • PBT entre 3,5 e 6 toneladas – R$ 33.600
  • PBT maior que 6 e de até 10 toneladas – R$ 38.000
  • PBT maior que 10 e menor que 15 toneladas – R$ 45.000
  • PBT a partir de 15 toneladas e capacidade máxima de tração inferior ou igual a 45 toneladas, no caso de caminhão-chassi – R$ 60.000
  • PBT combinado inferior a 40 toneladas, no caso de caminhão-trator – R$ R$ 60.000
  • PBT a partir de 15 toneladas e capacidade máxima de tração superior a 45 toneladas, no caso de caminhão-chassi – R$ 80.300
  • PBT combinado superior a 40 toneladas, no caso de caminhão-trator – R$ 80.300.

Para ônibus, o funcionamento é semelhante, mas o valor do desconto varia entre R$ 38 mil a R$ 99.400, dependendo do tamanho do veículo. O valor total dos recursos para ônibus é de R$ 300 milhões.

Cada montadora poderá operar dentro desse sistema até o atingimento do valor total de R$ 10 milhões. Considerando o número de fabricantes operando no país, o valor total dos recursos destinados ao programa poderá não ser atingido.

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

17 thoughts on “Entenda como funciona o programa de renovação de frota do Governo Federal

  • Essa proposta já é do governo anterior amigo. E faz quem quer!

    Resposta
  • Esse programa de troca de frota desse péssimo governo. É simplesmente tampar o sol com a peneira. Só está favorendo as montadoras que precisam vender caminhões . Como ninguém está comprando caminhão a não ser as grandes transportadoras. Aí é dar um tapa na cara do motorista autônomo e chama- ló de burro. Como é que eu tenho um caminhão que na tabela Fipe está 102 mil eu vou entregá-lo por 38 mil . Para comprar outro do mesmo por 300 mil . Esse governo quer é fazer média com as montadoras ferrando todos da área de transportes de cargas feitos pelos caminhoneiros. Principalmente o Agro. Porque esse governo não gosta do Agro.

    Resposta
  • Quem é burro de entregar um caminhão 710 ano 2000 que não da dor de cabeça por 38.000 para comprar um 11.180 por 379.000 com desconto de 38.000?

    Resposta
  • Nestor da silva ramos

    Eu tenho um 1113 ano 1971 está com 51 anos trabalhando quanto o governo vai me pagar por ele

    Resposta
  • Aldacir José Franco

    No programa do gov não fala em peso para reciclagem mas fala em valor que valor do desconto conforme o pbt do veículo a ser entregue

    Resposta
  • Paulo Sérgio Porto santana

    Quem tem condições de comprar caminhão novo não tem caminhão dessa idade . E quem tem caminhão dessa idade não tem condição de comprar um novo

    Resposta
  • Paulo Sérgio Porto santana

    quem tem condições de comprar caminhão novo não tem caminhão de vinte anos. E quem tem caminhão dessa idade não tem condições nem de dar manutenção adequada . simples assim.

    Resposta
  • O programa é uma porcaria mas vale lembrar que o programa que o bolsonaro lançou era pior ainda

    Resposta
    • O que não está claro,é se será obrigatório a adesão ao programa.

      Resposta
  • Ubirajara Pereira

    pra quem tem um caminhão mais velho e não tem condição de comprar um novo tá Lascado

    Resposta
  • Que absurdo isso aí, Existem caminhões hoje no mercado trabalhando com mais de 20 anos de uso que Custa mais de 130.000 reais esse desgoverno é uma piada

    Resposta
  • joao de Deus da Silva silva

    vai acabar os autônomos q tem caminhão velho como sempre só atinge os mais fracos

    Resposta
  • Tem caminhão de 27 anos tipo o meu que vale mais de 100 mil essa medida não ajuda em nada o caminhoneiro autônomo fora o emplacamento e seguro do caminhão zero que custa mais de 20 mil por ano

    Resposta
  • JOSE FERNANDES SOARES

    Seria cômico se não fosse trágico…qualquer caminhão com 20 anos de uso vale mais que R$ 33.000,00

    Resposta
  • Bom dia
    E quanto o governo vai pagar no caminhão. Que vai ser ” prensado”

    Resposta
  • Quem vai vender o caminhão dele pra reciclagem ? Me explica, que na reciclagem paga o preço do kg que normalmente custa 1 a 3 reais, o peso do caminhão é normalmente uns 10 mil kg, então é inviável.

    Resposta

Deixe um comentário!

Consumo do Tesla Semi surpreende Conheça as oito personalidades da Ford F-150 Conheça o Ford Thorco – O caminhão de dois motores Conheça 8 dicas para evitar quebras no seu caminhão Conheça as cores preferidas dos caminhões DAF