Do pátio do posto para os estúdios [o flogueiro que deu certo]

SAM_2995




Luiz Eduardo é um rapaz de 18 anos nascido e residente em Uberaba Minas Gerais, dono das paginas do Facebook “mlks da 050” e “frases da rodagem” e antigo integrante do flogão “/mlksda050”. Começou a frequentar os pátios de posto no ano de 2011 quando ainda tinha 15 anos de idade, influenciado pelo trabalho da rapaziada do sul do Brasil.

Porém Luiz achou que não iria encontrar em Uberaba alguém que compartilhava da mesma paixão, que segundo ele “ta no sangue” da família que tem tios, primos no trecho. Foi quando ele encontrou uma galerinha que compartilhava do mesmo gosto e começou a frequentar os pátios dos postos da cidade de Uberaba.

Falando da fotografia em si, Luiz comenta que sua paixão vem de infância, que admirava as fotos tiradas com maquinas analógicas (filme), e que sempre se inspirava nas fotos de revistas, catálogos e TV.

SAM_3042

Hoje ele não frequenta mais os postos de gasolina, de um tempo pra ca Luiz tem se dedicado a fotografia profissional de modelos, paisagens, eventos, entre outras coisas. Comprou equipamento profissional e como ele mesmo disse “meteu a cara” neste cenário, com a ajuda de amigos do ramo, hoje ele trabalha de maneira profissional.

_DSC1655-2
Jenyffer Dorneles

Segundo ele parou de frequentar devido a discriminação causada pela TV quando passou matérias sobre jovens que tiravam fotos e faziam apologia as manobras arriscadas feitas pelos motoristas. E também ressalta que esta cada vez mais perigoso frequentar um pátio de posto com um equipamento valioso em mãos. Mas ainda tem saudade, segundo ele tem saudade das historias contadas por motoristas que viajaram o Brasil inteiro. Amizades cultivadas com o tempo como ele menciona dois amigos o Anderson Kern(Pura-Folha) motorista na empresa TrSantana e Fabrício Parizzi(Fiorino) motorista na empresa Grapeggia Sultransportes, e que guarda com ele as amizades verdadeiras dessa época. Época que pra ele foi de grande valia, escutando historias de motoristas, amigos e parceiros, fazem ele pensar e dar mais valor as conquistas que alcançou nos dias de hoje.

_DSC4614
Larissa Freitas

Planos futuros para ele abrange tanto a parte da fotografia quanto a parte de caminhões, segundo ele quer crescer cada dia mais no cenário fotográfico, ser reconhecido e poder ter sempre um equipamento de qualidade. Ele brinca “quem sabe um dia não viro fotografo de uma Volvo ou Scania?”. Com a qualidade de suas fotos, não é algo difícil de conseguir.

Para encerrar, quando perguntei a ele o que ele pensa destes flogueiros que fazem apologia a drogas entre outras coisas, a resposta foi a seguinte:

“Posso dizer com plena sinceridade , a verdade é que realmente fazem apologia para drogas sim e para manobras , não são todos que pensam ou agem assim mas grande parte deles , mas convenhamos também que ninguém faz nada forçado , se em um simples acenar com a mão de um garoto de 15-18 anos é suficiente para fazer um homem pai de família que está transportando o progresso do nosso país nas costas fazer manobras de altíssimo risco para a vida não só dele mesmo mais como de vários inocentes o que dizer do resto ?…”.

CEGONHA

Luiz já fez pareceria com a minha coluna, quando vi as fotos dele notei que eram de uma qualidade e beleza bem maior do que a dos outros, e ele cedeu algumas fotos para a parte “wallpaper do dia” da coluna, que foi pausada por um tempo por falta de material e próprio tempo meu de postar material. Inclusive já fui com ele tirar foto de caminhão na rodagem, e foi uma experiência muito bacana!

Jenyffer Dorneles
Jenyffer Dorneles

Vocês puderam acompanhar no post, além das belas imagens capturadas por ele, o relato de alguém que estava no meio desta “molecada nova” que foi assunto do tão polemico post “essa molecada nova é F…” da semana passada. E fica comprovado que a gente trabalha de maneira séria e competente, e que se você levar seus sonhos a sério, de maneira correta, a consequência é sempre a realização!
Fica aqui o contato do Luiz Eduardo para aqueles que querem contatar este fotografo profissional!

Facebook: facebook.com/gmd050

Email: luizeduardophoto@hotmail.com

Abraço!

Hélio David




Um comentário em “Do pátio do posto para os estúdios [o flogueiro que deu certo]

  • 15/01/2014 em 23:00
    Permalink

    Como nós aqui, em uns 3 anos de visitas ao trevo para tirar fotos, nunca pedimos quebra de asa..
    Aí apareceu outros de uma cidade vizinha, que acabaram filmando esses tipos de manobras, e acabaram nos proibindo de ir ao trevo tirar fotos também…
    De uns tempos pra cá, ser flogueiro nao é mais ir tirar foto de caminhoes, e sim ganhar curtidas na internet..

Fechado para comentários.