Caminhões Volkswagen Worker atuam na segurança da Bolívia

As chamadas Estações de Polícia Integradas (EPIs) de Cochabamba, uma das maiores cidades do país, acabam de receber dois caminhões Volkswagen Worker 17.220 para o atendimento emergencial em situações de incêndios, salvamentos e resgate de civis. O presidente da Bolívia, Evo Morales, participou da inauguração em setembro da estação localizada ao norte da cidade, que recebeu o primeiro Worker. O segundo veículo será destinado à unidade do sul de Cochabamba.

Os caminhões, denominados Auto Bomba com Tanque (ABT), estão equipados com cabine dupla para transportar mais tripulantes. Também vêm com moto bomba e tanques com capacidade para cinco mil litros de água e 500 litros de espuma, dependendo da necessidade em casos de incêndio com produtos químicos.

Além das EPIs, está prevista para os próximos meses a inauguração da primeira escola de bombeiros na mesma cidade. Um dos requisitos para essa instalação é a utilização de caminhões com a mesma configuração dos que compõem a frota das estações de polícia integradas, o que será uma vantagem competitiva da marca Volkswagen frente a outros modelos disponíveis no mercado da Bolívia.

“As chances de fazer mais vendas são grandes, uma vez que a demanda por esse tipo de veículo está ganhando força em outras cidades, seguindo o plano de governo de segurança nacional da Bolívia”, informa Ricardo Aguirre Nava, gerente de Marketing da Hansa, importadora oficial da marca Volkswagen Caminhões e Ônibus no país.

Deixe um comentário!

O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu T112MC – Scania desenvolveu modelo exclusivo para a Nova Zelândia Você lembra do seriado “As Aventuras de BJ” nos anos 1980? Caminhões chineses são equipados com cabine de modelo da década de 1970 Conheça o transporte Piggyback, muito usado nos Estados Unidos