Os caminhões, a alma da logística, merecem maior atenção

por Blog do Caminhoneiro

Volkswagen Worker - Ambev (2)Já comentamos, em outras oportunidades, a importância dos cuidados nos canais de distribuição para que a logística funcione de maneira segura. Dentre as etapas que temos que cumprir para que o produto chegue ao seu destino final, devemos dedicar nossa atenção à parte de gestão e manutenção dos caminhões, que são a alma do transporte e que dão sentido a todo o nosso trabalho de estratégia logística. Mas que prática devemos adquirir para manter o veículo operando com qualidade por mais tempo?

Na realidade, não há formulas mágicas nem soluções únicas em relação a isso, mas, sim, práticas simples e acessíveis que podem contribuir – e muito – para diminuir gastos, aumentar a produção e trazer maior rentabilidade ao negócio. Uma delas é criar um cronograma anual de manutenção, que consiste em uma tabela simples com datas e previsões de quando cada revisão deve ser realizada, como troca de pneus, manutenção dos motores e da parte elétrica. Para maior segurança, o recomendável para caminhões e veículos de transporte mais pesados é que sejam submetidos a um check-up semestralmente e a vistorias mensais.

É necessário enfatizar que a não realização de manutenção nos veículos é um erro grave, caro e altamente comprometedor para as atividades de uma transportadora. Em vez de prevenção, o que observamos, na maioria dos casos, é a manutenção corretiva, feita para reparar danos que poderiam ter sido evitados – e isso não vale só para as grandes empresas, mas, também, para os profissionais autônomos. Além disso, devemos lembrar que a revisão deve ser realizada em um local confiável e seguro, de preferência pelo próprio fabricante e/ou concessionárias.

Uma das iniciativas praticadas na Confenar é a gestão de contratos de manutenção com o serviço de pós-vendas nas concessionárias ligadas a montadoras parceiras. O acordo funciona de uma forma muito simples, o que trás benefícios de otimização no tempo, atendimento prioritário nas diversas concessionárias pelo País, além da economia de custos para as Revendas. O contrato prevê manutenção de caminhões, oferecendo condições especiais para suporte, revisões e reparos nas frotas, cobrindo duas modalidades de manutenção, a preventiva e a corretiva. A primeira é voltada às manutenções estabelecidas pela fábrica de acordo com o tipo de veículo e sua operação de uso. Já a manutenção corretiva, além dos cuidados preventivos, envolve, também, peças utilizadas no reparo ou na substituição de componentes que tendem a ter um desgaste natural.

Outro ponto importante é a realização de treinamentos de segurança, operação e melhores práticas de direção para os motoristas condutores, em uma medida adicionalmente importante no que se refere a cuidados com o veículo. Se, por exemplo, um motorista abastece o veículo de maneira errada e o caminhão quebra na estrada, no meio de uma viagem para entrega de produtos, o condutor deve saber como agir para proteger sua vida e também o caminhão, que é seu instrumento de trabalho. Portanto, os treinamentos são fundamentais para gerar maior conhecimento, segurança e otimização do tempo de viagem.

Como instrumento primário e essencial do trabalho logístico, o caminhão requer e merece todo o zelo possível. Nesse sentido, realizar manutenções periódicas e preventivas é a forma mais simples de mantê-lo em operação por mais tempo. A manutenção deve ser a palavra de ordem de uma empresa e dá a verdadeira dimensão do quão inteligente é a gestão de frotas. Não são somente os produtos que dependem do caminhão e do transporte eficiente. Muitas vidas, a começar pelos motoristas, precisam que os caminhões estejam sempre em dia e possam executar a tarefa de levar e trazer produtos e mercadorias e, assim, contribuir para o desenvolvimento do País e o bem-estar das pessoas.

Texto de Victor Simas, presidente da Confenar (Confederação Nacional das Revendas Ambev e das Empresas de Logística da Distribuição).

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!