Diesel devia custar R$ 2,17 no Brasil

por Blog do Caminhoneiro

preco dos combustiveis - estados unidos

Com o barril de petróleo cotado abaixo da marca dos US$ 30,00, muitos países do mundo estão tendo uma expressiva queda no valor do litro do combustível. O valor do petróleo é o menor em mais de 20 anos, e a dois anos o valor ultrapassava a marca dos US$ 120,00.

Com essa brusca queda no valor do petróleo, pressionada pelo aumento da oferta do produto no mercado, países como os Estados Unidos tem tido quedas nos valores dos combustíveis a muitas semanas. Para efeito de comparação, o Diesel é vendido nos EUA com valores na casa dos US$ 1,955 o galão (3,6 litros ou US$ 0,54 por litro), o que dá, em conversão direta, R$ 2,17 o litro. No Brasil o diesel está na casa dos R$ 3,00, o que causa um grande prejuízo aos transportadores.

Mas o que explica esta diferença de valores de um mesmo combustível, que tem os mesmo processos de produção e é vendido pelas mesmas redes aqui e nos EUA? De acordo com o governo, o valor dos combustíveis foi “segurado” durante os anos que o barril de petróleo estava em alta, e hoje o preço não baixa porque é preciso pagar o prejuízo que a Petrobrás teve durante o período. Essa medida populista causou um grande rombo na Petrobrás. Na época, o valor do petróleo estava em alta, o galão de diesel nos EUA era vendido acima dos US$ 3,50.

Além disso, o petróleo extraído no Brasil não é bom para produção de combustíveis mais finos, como Diesel e Gasolina, e isso faz com que boa parte da produção seja trocada por petróleo fino no mercado externo. Como no Brasil a extração de petróleo é feita em águas profundas, o custo de produção do barril do petróleo variando de US$ 55 a US$ 90, o que gera um grande prejuízo também.

Outros problemas que mantém o preço dos combustíveis em alta também é o grande rombo que a Petrobrás teve com o “Petrolão”, que tem sido destaque na mídia, com prisões de políticos e empresários todos os dia. Esse rombo não tem um valor total ainda, mas estima-se que seja na casa das centenas de bilhões de reais, um valor inimaginável. Mantendo o combustível no preço que está, a empresa tem obtido um lucro médio mensal de R$ 3 bilhões.

A Petrobrás controla os preços dos combustíveis no Brasil, o que dificulta a livre concorrência das empresas de combustíveis, que facilitaria uma queda maior nos preços dos combustíveis, acompanhando o mercado internacional.

Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados