O medo do “L” e o ajuste parcial dos freios dianteiros

por Blog do Caminhoneiro

carreta-em-l

Existem várias lendas no universo dos carreteiros. Uma das mais famosas é o efeito e as causas do “L”. Uns falam que é frear na chuva, outros falam que é usar manete do reboque, outros falam que tem a ver com o ajuste dos freios dianteiros. E por aí vai.

Mas o que é realmente o efeito “L”?

O efeito L se dá por uma quebra na estabilidade da carreta sobre a quinta roda e pode ocorrer por várias razões diferentes. Dentre elas: freadas com manete em curvas, freios mal regulados do cavalo, reboque que empurra o cavalo mecânico e velocidade inadequada da composição.

Uma prática bem comum e que deve ser evitada, é a regulagem com folga “a mais” do freio dianteiro. Pela lógica de funcionamento, não há nenhum ganho ou diminuição de riscos, e sim o desequilíbrio de vida útil das lonas de freio, entre tração e dianteira. Então, vamos avaliar na prática a função pneumática?

Quando devidamente regulados os sistemas, com um pequeno toque nos freios, o circuito traseiro já libera ar para o reboque, ou seja, começamos a frenar ligeiramente a carreta e, em seguida, com mínima pressão adiante, segue o circuito traseiro e logo após o circuito dianteiro. Pela lógica, o circuito dianteiro já tem um ligeiro atraso de resposta, na casa de 0,3 bar de diferença até os 5,0 bar. A partir desta pressão, equaliza-se e as respostas de pressão são iguais.

O melhor, então, é regular todas as lonas por igual e deixar a pneumática cumprir com o resto, sem esquecer de usar lonas genuínas, pois além da dureza adequada, o desgaste dos tambores será sempre uniforme.

Lembre-se de tomar precaução defensiva, adotando velocidade compatível com o trecho e as condições da via e clima.

Texto por: Carlos Souza Especialista Iveco

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

37 comentários
0

Artigos relacionados

37 comentários

Bernardo Zavaglia 03/11/2016 - 01:30

o maneco é usado quando se inicia o l,e acelerando o cavalo para alinhar,os freios do eixo dianteiro deve cer nenos encostado para equilibrar os freios

Reply
Lucivaldo Amadeu 02/11/2016 - 11:31

Já passei por essa situação.

Reply
Paulo Onofre da Silva 02/11/2016 - 10:42

cavalo com eixo erguido carreta comprida na chuva tem que ter muito cuidado mesmo .

Reply
Paulo Antônio 02/11/2016 - 08:19

Concordo Paulo Onofre da Silva

Reply
Ivonatto Felix 02/11/2016 - 07:19

Com a manutenção da carreta sempre em dia, conforme o manual do fabricante. É sempre um grande auxiliar de segurança total.

Reply
Claudino Ciechovicz 02/11/2016 - 03:38

Sou carreteiro e provo iss

Reply
Claudino Ciechovicz 02/11/2016 - 03:37

Discordoamigos Eo mau uso dosfreios com pista molhada

Reply
Joao Luis Faria 02/11/2016 - 02:00

Concordo com vc paulo .

Reply
Paulo Onofre da Silva 02/11/2016 - 00:58

Chovendo com eixo erguido é perigoso de mais

Reply
André Araújo 01/11/2016 - 22:00

O segredo é andar devagar

Reply
Arli Meneghini 01/11/2016 - 21:25

57 anos motorista a 35 sem acidentes eu digo sempre o caminhão mais seguro qm faz é o motorista….motoristas dia d chuva ande devagar e pronto

Reply
Jorge Martins Ferreira 01/11/2016 - 17:30

Ctadoido foi meu amigo divininho na Serra de luz mg

Reply
Bruno Daniel 01/11/2016 - 20:29

Tranzili

Reply
Clebson Santos 01/11/2016 - 16:48
Reply
Clebson Santos 01/11/2016 - 16:47

E verdade. Eu tava com um Cavalinho derramando óleo hidráulico e o dono mandou eu colocar óleo de motor. E às mangueiras de ar com vazamento. E ele mandou eu i buscar uma carreta e Caruaru. Com 29 mil quilos pra eu descer a serra dá Rússia. Eu falei quê não ia. Sai dó Emprego.

Reply
Adailton Rios Correia 01/11/2016 - 16:41

Anderson De Jesus

Reply
Fernando Lúcio Cavalcante Gomes 01/11/2016 - 16:23

pista molhada, o motorista deveria estar com o terceiro eixo no chão

Reply
Fernando Mendes 01/11/2016 - 16:12

Só comentário bala!

Reply
Elieson Dantas Elieson 01/11/2016 - 15:35

Olha essa ai meus amigos das estradas fica adica

Reply
Zaqueu Santos 01/11/2016 - 15:32

cuidado

Reply
Zaqueu Santos 01/11/2016 - 15:31

e vd tem quer te muito cuidao

Reply
Erico Nunes Kinho 01/11/2016 - 15:26

seu o L

Reply
Valdecir Prado 01/11/2016 - 15:23

O freio motor ligado com o cavalo vazio na chuva também da L….

Reply
Marcelo Sub-zero 01/11/2016 - 14:59

Leandro Antunes Grosko
Leandro Gko
Gustavo Kister
Antonio Augusto

Reply
Jailton Belém Padilha 01/11/2016 - 14:48

Pra mim o L foi causado por andar com o truck do cavalo suspenso na chuva com a pista escorregadia.

Reply
Jose Sergio de Paula 01/11/2016 - 14:35

É a boca não É Boa não tubarão

Reply
Rogerio Eilert 01/11/2016 - 13:17

Na foto já dis porque deu L…

Reply
Marcio Pedro 01/11/2016 - 12:37

Pra evitar isso tem que fazer manutenção oreventiva

Reply
Orlando Batistao 01/11/2016 - 11:39

Tantas opiniao mais na hora do vamos ver so da cagada . Muito facil fala

Reply
Qra Mulek Mailson Oliveira 01/11/2016 - 11:41

Motorista tem que saber trabalhar com a ferramenta principalmente nesses casos

Reply
Orlando Batistao 01/11/2016 - 11:46

E meu amigo . Todos critica nossa classe mais na primeira oportunidade fazem sua obra

Reply
William Pulise 01/11/2016 - 11:26

Pista molhada e o eixo do cavalo levantado… ta serto

Reply
Édson Antenor Scherer 01/11/2016 - 11:48

eixo do cavalo erguido fica a frente leve talvez

Reply
Edsonpereiradasilva Pereira 01/11/2016 - 12:27

Correto fica bem mais leve sim.

Reply
Lucas de Almeida 01/11/2016 - 10:52

Pista molhada… uzar o freito motor com cuidado..

Reply
Paulo Mendes da Silva 01/11/2016 - 08:57

Faltou perícia do motorista , pista molhada diminuir velocidade e se precisar frear use o maneco de leve e pise no acelerador de leve só para afirmar a conjunto.

Reply
Qra Mulek Mailson Oliveira 01/11/2016 - 11:42

Correto

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!