Interpretrar imagens: do que mais os sistemas para monitoramento de frotas são capazes?




São inúmeras as variáveis que um gestor tem de acompanhar durante o monitoramente de frotas. Rastrear a localização de diversos veículos, manter a comunicação constante com vários condutores, ajudam, mas não mostram todas as condições em que cargas são transportadas. Há até sistemas que transmitem imagens a partir dos veículos. Porém, como são bidimensionais, forçam a troca constante de telas para que se possa saber o que ocorre ao redor do veículo. Mesmo com essas ferramentas, vários riscos não são vistos e, quando são, passam desapercebidos.

É quase impossível que um gestor saiba tudo a que uma frota está exposta. Por conta disso, surge um sistema capaz de interpretar as imagens. Pode-se customizá-lo para identificar ocorrências dos mais variados tipos, como a proximidade de uma pessoa armada, a aproximação repentina de um veículo, se um automóvel permanece por muitos quilômetros acompanhando o caminhão ou até mesmo mudanças na fisionomia do motorista.

“A capacidade de interpretar imagens permite customizações que fazem o sistema identificar praticamente tudo que o gestor quiser, inclusive fatores que dificilmente o olho humano identificaria”, diz Ubiratan Resende, diretor geral da VIA Technologies no Brasil sobre o VIA Mobile 360, solução para monitoramento de frotas que a multinacional trouxe ao país em dezembro no país, simultaneamente ao seu lançamento mundial. “Quase tudo no Brasil é transportado por rodovias, o que torna o país um dos mercados prioritários para a VIA Technologies”, afirma o executivo.

360° ao redor do veículo em uma única tela

Segundo Resende, os exemplos citados acima são algumas customizações já solicitadas à VIA. “A interpretação de imagens permite infinitas adaptações”, diz. “A alteração da expressão do motorista, por exemplo, pode não ser percebida por um gestor. Mas pode indicar sonolência . O sistema emite um alerta quando isso ocorre”, acrescenta.

Outro benefício aos gestores é que, diferente dos sistemas que fornecem imagens, o VIA Mobile 360 combina as imagens de todas as câmeras externas em uma única imagem, de 360°. “Em uma única tela, vê-se tudo o que se passa ao redor do veículo. Há sistemas que fornecem imagens. Porém, forçam a constantes mudanças de tela, o que dificulta o trabalho e faz com que ocorrências e riscos não sejam percebidas”, afirma.

O VIA Mobile 360 combina imagens de até oito câmeras que proporcionam ao gestor saber, em tempo real e remotamente, tudo o que se passa ao redor do veículo e em seu interior. “Além de transmitidas, essas imagens podem ser guardadas, o que possibilita saber exatamente em quais circunstâncias ocorreram episódios como acidentes”, diz. “O sistema também é capaz de alertar os condutores sobre a proximidade de veículos, por exemplo, ao trocar de faixa e assim evitar colisões”.

Ao visualizarem de maneira ampla as condições em que a carga é transportada, os gestores podem saber, entre outros, a velocidade adequada de condução em determinado trecho rodoviário. “Pelas câmeras, os gestores podem visualizar as dificuldades o que, além de permitir que se oriente o motorista em tempo real, se torna uma ferramenta importante para a adequação de rotas”, diz Resende. Outro fator que eleva a segurança é saber se o caminhão traz caronas, elemento que acrescenta muitos riscos ao transporte de cargas.





Deixe sua opinião sobre o assunto!