Prosegur lança o Axor 8×4 blindado, maior caminhão do tipo no Brasil

Em todo o Brasil, o roubo de cargas causou prejuízos de mais de R$ 6,1 bilhões entre 2011 e 2016, de acordo com estudo divulgado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). Neste sentido, há uma demanda cada vez maior das empresas de varejo por soluções que aumentam a segurança de suas operações.

Para atender este mercado, a Prosegur, empresa líder em segurança privada no Brasil, está investindo R$ 4,3 milhões para o desenvolvimento de soluções no transporte de cargas mercadorias com alto valor agregado, tais como joias, relógios, papel moeda, mercadorias de luxo, barras de ouro, ingressos para eventos e cargas com alto índice de sinistralidade como eletroeletrônicos, celulares, medicamentos e cigarros.

Uma dessas soluções será lançada durante a Intermodal South America – Feira Internacional de Logística, Transporte de Cargas e Comércio Exterior, realizada entre os dias 4 e 6 de abril, em São Paulo. Trata-se do caminhão MB AXOR 2644 traçado, com suspensão deslizante, homologado para Rodotrem. O veículo de grande porte, indicado para o transporte de cigarro, eletroeletrônicos e celulares, é composto por um cavalo mecânico – capaz de puxar 32 toneladas -, e um baú, sendo possível acoplar mais uma carreta em sua estrutura.

Outro veículo que faz parte do portfólio da companhia é o caminhão plataforma, ideal para o transporte de contêiner. Ao contratar qualquer um dos serviços da Prosegur, além do caminhão, que possui a tecnologia necessária para um transporte seguro (tecnologia híbrida de rastreamento por GPRS e via satélite durante todo o trajeto, sistema de vídeo monitoramento, botão de pânico, fechadura randômica, sensores de portas e sirenes), o cliente passa a contar com uma solução completa de logística, que vai desde a equipe de segurança, até o monitoramento e o seguro da carga.

“O transporte de cargas especiais é uma operação muito importante e crítica para as empresas, que normalmente contratam diferentes fornecedores para a realização do transporte. Nossa solução é completa. Com isso o cliente contrata um único fornecedor, tornando os processos mais ágeis e seguros”, explica Alessandro Abrahão, diretor geral da Prosegur Cash – divisão responsável pelos serviços de logística de valores e gestão de numerário.

Segundo o executivo, as soluções desenvolvidas pela Prosegur para ampliar a segurança no transporte de cargas especiais dos clientes têm se mostrado muito eficientes. “Desde 2011 já foram realizadas 6.777 operações com o sistema da Prosegur em todo o país, com sinistralidade zero em mais de R$ 10 bilhões em cargas transportadas”, completa.

A companhia possui 27 caminhões dedicados a esse tipo de transporte – todos blindados e com tecnologia de segurança embarcada -, atuando em operações para mais de 40 clientes. Com os investimentos, o número de caminhõesdeve saltar para 35 até o final do ano.

Para garantir ainda mais segurança para o transporte das mercadorias com alto valor agregado, todos os veículos da Prosegur estão conectados a uma série de sensores, podendo ser verificados em tempo real pela Central de Monitoramento de Cargas Valiosas (CMCV), que também recebe alertas durante todo o trajeto. Além disso, a Central acompanha o plano de rota durante toda a realização do transporte, desde o ponto de partida até a chegada da carga ao destino.

23 comentários

Everton Verolez 06/04/2017 - 16:09

Miro Costa

Reply
Douglas Silva 06/04/2017 - 15:54

Muito mais bonito

Reply
Charles Santos 06/04/2017 - 15:55

Com certeza

Reply
Charles Santos 06/04/2017 - 15:52

Douglas Silva

Reply
Rodrigo da Rocha 06/04/2017 - 11:43

Nilson José Da Rocha

Reply
Raimundo Milhomem 06/04/2017 - 10:28

Rodotrem.ou Ls? Ta mas pa carreta Ls. Esa mula ai ate fusquinha pega ela.!

Reply
Rai_ 06/04/2017 - 19:36

LS e bitrem. Na configuração normal é um LS de sete eixos. Quando exigir maior capacidade de carga, engata o segundo semirreboque formando um bitrem, em tese, com dez eixos já que o cavalo é 8×4. Antes, bitrem de dez eixos não seria possível, mas como o CONTRAN homologou novo CVC com até onze eixos e 91ton, ainda não divulgaram os requisitos dele, um bitrem de dez eixos passa a ser possível.

Reply
Ramon Girardi Qra Sutiã 06/04/2017 - 09:23

Mas é vdd não é

Reply
Otávio Alcântara 06/04/2017 - 08:57
Reply
Lucas Santos 06/04/2017 - 08:32

aí Maico Dos Santos

Reply
Paulo Sergio 06/04/2017 - 03:52

Essas carretas não transportam dinheiro só medicamentos …

Reply
Danilo Pilsen 06/04/2017 - 03:51

Thiago Cavalcante

Reply
Vineton Trindade 06/04/2017 - 02:59

Sandro Rodrigo Steffens… Esse aí que vem buscar o $$$$$…

Reply
Claudilon Gouveia 06/04/2017 - 01:41

Estava la hoje na intermodal

Reply
André Trindade 06/04/2017 - 01:40

Top demais

Reply
Alex Sandro 06/04/2017 - 01:16

É moda! Carreta blindada, só falta um cavalo de verdade a mula vai se arrasta no tapete!

Reply
Marcílio Sá 06/04/2017 - 00:50

Vão divulgando q é tudo q eles queria saber

Reply
Marcus Paulo Fontanetti 06/04/2017 - 00:48

Benedito Ribeiro

Reply
Marcio Cruz 06/04/2017 - 00:48

Rosalvo Silva

Reply
Michel Schuster 06/04/2017 - 00:33

Franck Castaman melhorou assim? Ou prefere o Titan?

Reply
Davi Ribeiro 06/04/2017 - 04:26

Falto o cargo migao kkk

Reply
Oedison Junior 05/04/2017 - 23:42

Luis Fernando Ferreira olha isto !

Reply
Igor Yuri 05/04/2017 - 23:41

Kkkkkkkkkk agora os bandido vai roubar uma quantidade maior!

Reply

Deixe um comentário!

Auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros é aprovado Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro Scania já teve 13 séries especiais no Brasil Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu