PACCAR obtém boas receitas e lucros trimestrais

“A PACCAR obteve boas receitas e lucro líquido no segundo trimestre de 2017”, disse Ron Armstrong, CEO. “Os resultados financeiros da PACCAR refletem o aumento da produção e da participação no mercado de caminhões da América do Norte, sólidos mercados europeus para caminhões, e maior volume global de peças pós-vendas. Estou muito orgulhoso de nossos 24.500 colaboradores, que entregaram excelentes produtos e serviços aos nossos clientes”.

As vendas líquidas e as receitas de serviços financeiros do segundo trimestre foram de US$4,70 bilhões, em comparação com os US$4,41 bilhões obtidos no segundo trimestre de 2016. A PACCAR teve um lucro líquido de US$373 milhões (US$1,06 por ação diluída) no segundo trimestre deste ano, em comparação com um lucro líquido de US$481,3 milhões (US$1,37 por ação diluída) no mesmo período do ano passado. A PACCAR obteve receita líquida ajustada (não GAAP) de US$371,7 milhões (US$1,06 por ação diluída) no segundo trimestre de 2016, excluindo US$109,6 milhões de ajuste não recorrente, devido a um acordo com a Comissão Europeia (EC).

A PACCAR reportou lucro líquido de US$683,3 milhões (US$1,94 por ação diluída) no primeiro semestre de 2017. A empresa relatou um prejuízo líquido de US$113,3 milhões (US$0,32 por ação diluída) nos primeiros seis meses do ano passado. A PACCAR relatou lucro líquido ajustado (não GAAP) de US$719,7 milhões (US$2,05 por ação diluída) no primeiro semestre de 2016, excluindo US$833,0 milhões de ajustes não recorrentes devido ao acordo com a Comissão Europeia. As vendas líquidas e a receita de serviços financeiros do primeiro semestre de 2017 foi de US$8,94 bilhões em comparação com os US$8,71 bilhões do ano passado.

Armstrong acrescentou, “a PACCAR é líder de tecnologia na indústria de veículos comerciais e está investindo na próxima geração de tecnologias automotivas. Os investimentos da PACCAR incluem direção autônoma e pelotão de caminhões, conectividade de caminhões, realidade aumentada (AR), e uma plataforma de software integrado. A empresa continua a introduzir tecnologias líderes da indústria em nossos negócios de peças pós-venda e serviços financeiros, utilizando análise de big data para nossos revendedores e clientes”. Harrie Schippers, vice-presidente executivo e CFO da PACCAR, disse, “A PACCAR gerou 1.200 novos empregos nos EUA este ano para atender ao aumento da demanda dos clientes, complementado por mai s de US$125 milhões de capital investido em pesquisa e desenvolvimento”.

Mercados globais de caminhões

“Aumentamos nossa estimativa para o mercado europeu de caminhões acima de 16 toneladas para uma faixa de 290.000 a 310.000 veículos este ano, devido ao crescimento econômico contínuo e ao aumento do frete. Os novos caminhões DAF XF e CF 2017 estão melhorando a performance operacional de nossos clientes, propiciando um aumento de até 7% na eficiência de combustível”, disse Preston Feight, Vice-Presidente da PACCAR e Presidente da DAF. “Os pedidos de caminhões acima de 16 toneladas aumentaram 10% no primeiro semestre de 2017, em comparação com o mesmo período no ano passado”.

Os pedidos da indústria de caminhões Classe 8 nos EUA e Canadá aumentaram 44% no primeiro semestre de 2017, em comparação com o mesmo período no ano passado. Kenworth e Peterbilt atingiram uma participação de 31,7% dos pedidos de caminhões Classe 8 nos EUA e Canadá, e 29,6% de participação nas vendas no varejo dos caminhões Classe 8 nos EUA e Canadá, no primeiro semestre deste ano. “As entregas de caminhões médios e pesados da Kenworth e Peterbilt aumentaram 25% no segundo trimestre de 2017, em comparação com o primeiro trimestre deste ano”, disse Gary Moore, Vice-Presidente Executivo da PACCAR. Espera-se que as vendas no varejo da indústria de caminhões Classe 8 para os EUA e Canadá estejam na faixa de 200.000 a 220.000 veículos em 2017 . O mercado de caminhões reflete a boa situação econômica e os altos níveis de tonelagem do frete”.

LEIA MAIS  Motores Cursor 13 da Copa Truck geram mais de 1.200 cv de potência

PACCAR Parts obtém recordes de receitas trimestrais e lucros antes da dedução de impostos

A PACCAR Parts obteve receitas trimestrais recordes no valor de US$823,1 milhões no segundo trimestre de 2017; 9% maior que os US$756,4 milhões obtidos no mesmo período do ano passado. O lucro antes da dedução de impostos no segundo trimestre de 2017 foi um recorde, no valor de US$152,4 milhões, 14% mais alto do que os US$133,4 milhões obtidos no segundo trimestre de 2016. As receitas da PACCAR Parts no primeiro semestre de 2017 foram de US$1,61 bilhão, em comparação com US$1,48 bilhão no mesmo período do ano passado. A PACCAR Parts obteve lucro antes da dedução de impostos de US$304,1 milhões no primeiro semestre de 2017, em comparação com os US$268 milhões ganhos no primeiro semestre de 2016.

“As concessionárias da PACCAR abriram 96 lojas de varejo multimarcas TRP em 27 países, e isso está impulsionando mais negócios de peças e serviços em todos os mercados. A PACCAR continua a aumentar sua capacidade de distribuição global de peças, propiciando disponibilidade líder na indústria, e dando suporte ao crescimento das vendas de peças do motor PACCAR MX, e ao programa de serviços globais para frotas”, disse David Danforth, Vice-Presidente da PACCAR e Gerente-Geral da PACCAR Parts. “O novo centro de distribuição da PACCAR em Toronto, no Canadá, com 14.865 m2, ao custo de US$35 milhões, está em construção e deverá ser inaugurado em meados de 2018”.

PACCAR lança centro de inovações no Vale do Silício

A PACCAR abrirá um centro avançado de pesquisa e desenvolvimento no Vale do Silício, na Califórnia, este ano. O Centro coordenará o desenvolvimento de produtos de próxima geração e identificará as tecnologias emergentes que beneficiarão o desempenho dos futuros veículos. As áreas de enfoque da tecnologia incluirão sistemas avançados de assistência ao condutor (ADAS), inteligência artificial, conectividade dos veículos e realidade aumentada. Darrin Siver, Vice-Presidente Sênior da PACCAR, disse: “a PACCAR olha para o futuro ao expandir suas parcerias com as empresas de tecnologia do Vale do Silício. O Centro de Inovação da PACCAR incluirá laboratório de última geração, instalações de oficina e espaç o de escritório”.

Pesquisa, desenvolvimento e investimentos de Capital

Os excelentes lucros em longo prazo da PACCAR, seu sólido balanço, e intenso enfoque na qualidade, tecnologia e produtividade, capacitaram a empresa a investir US$6,2 bilhões em projetos de capital, produtos inovadores e novas tecnologias, ao longo da última década. Estão sendo investidos este ano um capital de US$375-US$425 milhões, e despesas com P&D no valor de US$250-270 milhões em desenvolvimento de novos produtos, instalações de produção melhoradas e programas de suporte pós-vendas”, disse George West, Vice-Presidente da PACCAR.

A divisão Dynacraft da PACCAR construirá uma nova instalação de produção, com 12.077 m2 em McKinney, Texas, em 2018. A Dynacraft fabrica componentes e subconjuntos de alta qualidade, tais como cabos de bateria, portas e módulos de ar condicionado para os caminhões da Kenworth e Peterbilt. As instalações da Dynacraft darão suporte às operações da Peterbilt em Denton, no Texas, e fabricarão o eixo frontal de 20.000 libras da PACCAR para ser instalado nos veículos Classe 8 da Kenworth e Peterbilt na América do Norte.

A DAF iniciou a operação de sua recém-concluída instalação ecológica de pintura de cabines, no valor de US$110 milhões em Westerloo, na Bélgica, em junho. O equipamento de pintura robótica de última geração melhorou a qualidade da pintura, e aumentou a capacidade de produção de cabines em 50%. “A instalação de pintura de cabines da DAF é a mais moderna do mundo”, comentou Harry Wolters, Diretor de Operações da DAF. “Esse investimento em tecnologia dará suporte aos futuros aumentos de participação da DAF no mercado europeu, e sua expansão geográfica, além de demonstrar a liderança tecnológica da DAF na produção de veículos, que são líderes da indústr ia”.

LEIA MAIS  Tabela de frete não vai resolver problema do excesso de caminhões

Fábrica de motores da PACCAR homenageada como sendo a Planta de Qualidade do Ano em 2017

A fábrica de motores da PACCAR em Columbus, Mississippi, foi homenageada pela Revista Quality como sendo a Planta de Qualidade do Ano em 2017. A fábrica ganhou o prêmio pela implementação dos melhores processos de qualidade de sua classe para produzir os motores PACCAR MX-13 e MX-11, que são líderes da indústria. A Revista Quality citou o compromisso da fábrica de motores da PACCAR com melhoria contínua, comprometimento dos colaboradores, Six Sigma, referência da indústria e tecnologia como sendo os fatores chave nas realizações da instalação.

“Temos orgulho de sermos reconhecidos pela qualidade de nossos motores PACCAR e processos de produção otimizados”, disse Lance Walters, Gerente da Planta de Motores da PACCAR. “A PACCAR continua a inovar através da melhoria contínua e do ambiente de trabalho colaborativo”. A fábrica de motores da PACCAR também ganhou diversos certificados e homenagens da indústria nos anos anteriores, incluindo a certificação ISO/TS16949 por seu sistema de gestão de qualidade, e os prêmios Frost & Sullivan Manufacturing Leadership nos últimos três anos consecutivos.

Empresas de serviços financeiros obtêm bons resultados

A PACCAR Financial Services (PFS) tem um portfólio de 180.000 caminhões e reboques, com ativos no total de US$12,69 bilhões. A PACCAR Leasing, uma grande empresa de leasing de caminhões de serviço completo na América do Norte e Europa, com uma frota de 36.000 veículos, está incluída nesse segmento. A receita da PFS antes do pagamento de impostos no segundo trimestre de 2017 foi de US$63 milhões em comparação com os US$77,3 milhões ganhos no segundo trimestre do ano passado. As receitas do segundo trimestre de 2017 foram de US$306,3 milhões em comparação com os US$297,4 milhões no mesmo trimestre de 2016. No primeiro semestre de 2017, a PFS obteve uma receita de US$120,3 milhões antes do pagamento de impostos, em comparação com os US$157,6 milhões no ano pa ssado. As receitas do primeiro semestre de 2017 foram de US$608,5 milhões, em comparação com os US$586,8 milhões para o mesmo período do ano passado. “O portfólio da PFS teve um bom desempenho durante o segundo trimestre de 2017”, disse Bob Bengson, Vice-Presidente Sênior da PACCAR. “A demanda por caminhões usados aumentou neste trimestre nos EUA, em comparação com o primeiro trimestre de 2017. Os valores de revenda dos veículos usados da Kenworth e Peterbilt continuam a dominar com um ágio de 10% a 20% sobre os caminhões da concorrência”.

“O excelente balanço da PACCAR, complementado por suas classificações de crédito A+/A1, capacitam a PFS a oferecer financiamento de varejo, em nível competitivo, aos revendedores e clientes da Kenworth, Peterbilt e DAF em 24 países de quatro continentes”, disse Todd Hubbard, Vice-Presidente da PACCAR e Presidente Financeiro Corporativo da PACCAR. “Temos excelente acesso aos mercados de títulos comerciais e títulos de médio prazo, que permitem que a PFS ofereça suporte lucrativo à venda dos caminhões da PACCAR”.