FPT Industrial se aproxima de caminhoneiros durante ação em Minas Gerais

por Blog do Caminhoneiro

Com o objetivo de estar cada vez mais próxima do cotidiano dos caminhoneiros, a FPT Industrial, uma das maiores fabricantes de motores do mundo, participou de mais uma etapa da Gincana do Caminhoneiro que aconteceu entre os dias 10 e 12 de novembro, no Posto PTB (BR 381, Km 490), na cidade de Betim (MG), onde a marca conta com um avançado centro de pesquisa e desenvolvimento (P&D) de produtos.

No evento a fabricante de propulsores realizou uma atividade interativa intitulada “Quando a força do homem encontra a potência da máquina”. Na ação a FPT industrial testa a disposição e agilidade dos motoristas numa competição divertida que põe a prova a energia e destreza dos participantes.

O caminhoneiro que foi à Gincana pode ver de perto o motor Cursor 9 que equipa o IVECO Stralis. Especialistas da marca também estiveram a disposição para dialogar e tirar dúvidas sobre o funcionamento de diversos motores que atendem com eficiência os transportadores e motoristas de pequenas e grandes distâncias. Na edição mineira da Gincana promovida pela Iveco, em parceria com a Revista Caminhoneiro, a Polícia Rodoviária Federal também realizou palestras para conscientizar os motoristas sobre os riscos inerentes ao trânsito.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

1 comentário

José 23/11/2017 - 22:55

Ninguém está ajudando o motorista autônomo. Não é justo que o motorista trabalhe chegando até 1’8 horas por dia pelo valor de uma diária, isso já aconteceu comigo e com muitos colegas autônomos, quando não é isso , somos vítimas de bandidos, transportadoras que não pagam o frete para o agregado. Por exemplo: a TRANSPORTADORA PARTNES LOGISTICS DO BRASIL, localizada na Av MONTEIRO LOBATO 4550 módulo 81 . Fiz uma diária em 14/09/2017 . Não pagou um centavo pelo serviço. ALEGAÇÃO: EU NÃO CONSEGUI FAZER TODAS AS ENTREGAS. É JUSTO ISSO?

Reply

Escreva um comentário