Setor de transportes abre mais de 10 mil vagas em Março

por Blog do Caminhoneiro

Dados divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta semana mostram que o Brasil vem ganhando a corrida da geração de empregos. Nos últimos anos, os números de demissões foram muito superiores aos números de contratação de profissionais em todo o país.

Um dos setores que mais foi afetado pela crise foi o de transportes. Nos últimos três anos, 2015, 2016 e 2017, o saldo do setor foi negativo em mais de 180 mil postos de emprego.

Neste ano os números começaram a reagir em quase todos os setores da economia. De acordo com o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), o Brasil gerou mais de 1,3 milhão de novas vagas. Porém, o número de demissões ainda é alto, com 1,2 milhão de empregados demitidos. O saldo atual é positivo, com 56.151 profissionais contratados frente aos demitidos.

Para o setor de transportes, foram criados nos três primeiros meses deste ano, mais de 60 mil vagas, mas aconteceram 49 mil desligamentos de empresas. O saldo acumulado do período é de 10.972 vagas.

O número de vagas no Brasil cresceu 0,15% em todos os setores. O setor de transportes cresceu 0,52%. Os números ainda são tímidos, porém o crescimento é um bom sinal em uma economia ainda enfraquecida pela crise dos anos anteriores.

“Nosso Brasil segue a rota da retomada do crescimento, com mercado aquecido e a certeza de que estamos no rumo certo. O trabalho continua e hoje é mais um grande dia, pois esses resultados cofirmam nossa expectativa”, avalia o ministro do Trabalho, Helton Yomura.

O melhor resultado obtido pelo setor de transportes foi em 2011, com saldo positivo de mais de 141 mil contratações nos 12 meses do ano. O pior ano foi o de 2016, com saldo negativo de contratações, com 91 mil demissões a mais que contratações.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

3 comentários

Leidison 22/04/2018 - 00:52

Pow investir nos curso de transporte ja to parado a mais de um ano nada de melhoras ate quando vai ficar assim.

Reply
Ricardo Secundino Ribeiro 21/04/2018 - 22:34

Estou tentando Volta ao mercado de trabalho na aria de transporte

Reply
Wladimir Alexandre Machado 21/04/2018 - 11:47

MUINTAS BOM. QUE CONTINUE ASSIM.

Reply

Escreva um comentário