Quase 500 toneladas de excesso de peso foram flagradas pela PRF em operação temática em AL




A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Alagoas realizou nesta segunda e terça-feira (22 e 23/10), a sua XVI Operação Temática de Pesos e Dimensões (XVI OTEPED), intensificando a fiscalização aos veículos de transporte de carga, cujo objetivo era coibir os transportes irregulares com excesso de peso, que danificam o pavimento das rodovias e aumenta o risco do condutor se envolver em acidentes. Além disso, a operação trabalhou conjuntamente com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e com a Secretaria da Fazenda do estado de Alagoas (SEFAZ/AL) no combate a criminalidade, observando documentação dos veículos, cargas e condutores, possível transporte de drogas e o uso do antipoluente Arla 32.

A rodovia federal escolhida para realização desses trabalhos em Alagoas foi a BR 101, que é corredor de passagem de cargas no transporte nacional no eixo Nordeste/ Sul do país.

Durante as fiscalizações foram verificados os equipamentos obrigatórios dos veículos como faixas refletivas, sistemas de iluminação, condições de pneus, sistema de freios em veículos pesados e cronotacógrafo; também foram intensificadas ações de combate ao excesso de peso e às dimensões excedentes; a fiscalização de emissão de poluentes por parte dos veículos de carga (uso do Arla), e o combate às fraudes veiculares.

LEIA MAIS  Petrobras recebe R$1 bilhão por subvenção ao diesel ente janeiro e agosto

Nos dois dias de trabalhos 561 veículos foram fiscalizados, 431 pessoas foram fiscalizadas e 132 testes de alcoolemia foram realizados. Mais de 400 autos de infração foram extraídos, 101 documentos (CNH, AET, CRLV, documentos de serviços de escolta) foram recolhidos, 12 veículos foram retidos e 478 toneladas de excesso de peso foram retiradas de circulação.
Na área de combate aos ilícitos criminais, a operação resultou em 10 ocorrências criminais, sendo quatro de cunho ambiental. Quatro caminhoneiros foram presos e 02 veículos com registro de roubo foram recuperados.

LEIA MAIS  Tecnologia inédita reduz os acidentes fatais nas estradas

Excesso de peso – Entre as consequências do transporte de carga em excesso estão o aumento no consumo de diesel, prejuízo à frenagem e estabilidade do veículo em curvas, descidas e subidas. O combate ao excesso de peso, além de ter a finalidade de aumentar a vida útil do pavimento das rodovias, visa inibir a conduta imprudente por parte dos motoristas profissionais contribuindo assim para a fluidez do trânsito e segurança dos usuários das rodovias federais.




Deixe sua opinião sobre o assunto!