Ministro da Infraestrutura avalia positivamente sua viagem de mais de 1.000 km pela BR-163

Foto Alberto Ruy/Ascom Infraestrutura

Durante viagem de vistoria às obras da BR-163/PA, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, avaliou que a Operação Radar, estratégia integrada para escoamento da safra 2018/2019, está em pleno funcionamento. O ministro, que chegou na manhã desta quinta-feira (31) ao estado, percorreu trechos críticos para inspecionar o andamento das ações que irão garantir o transporte de grãos na rodovia, especialmente neste período de maior intensidade das chuvas, conhecido como inverno amazônico.

“Percebemos que a operação na BR-163 está funcionando, o fluxo de carretas já aumentou muito, não temos filas nem retenções, então, a operação está transcorrendo a contento”, afirmou. “O Governo Federal vai dar toda prioridade a esta rodovia pelo que ela representa para o estado do Pará e para o agronegócio brasileiro”, completou o ministro.

Acompanhado de sua equipe, o ministro também verificou a preparação e estoque do material para a conclusão da pavimentação do trecho até Miritituba ainda este ano. Dos 707,4 quilômetros da BR-163/PA, faltam 51 quilômetros a serem asfaltados, divididos em dois lotes: 3 quilômetros, na Vila do Caracol, sob a responsabilidade da Construtora Agrienge, e 48 quilômetros em Moraes de Almeida, sob responsabilidade do Exército.

De acordo com o ministro, as obras no trecho serão retomadas no verão e o objetivo é concluir a pavimentação até Miritituba, ainda este ano. Segundo o caminhoneiro Paulo Orlando, que há três anos trafega na BR, “não tínhamos essa assistência que estamos tendo hoje”. Para ele, a conclusão da estrada será muito boa.

Visita técnica

Na viagem de dois dias, o ministro percorreu trechos da BR-163, de Novo Progresso até Rurópolis, na cabine de uma carreta e conversou com alguns caminhoneiros. Ele ressaltou que, apesar de já conhecer bem a rodovia, considera importante ver de perto a execução do serviço.

“Quando a gente projeta uma operação ou está à frente de uma grande obra, é essencial fazer visitas para ver o andamento e avaliar o trabalho realizado. É importante conversar com as pessoas e perceber os problemas para a gente construir soluções” explicou Freitas, que percorreu mais de 1000 quilômetros nesses dois dias na região.

Além do transporte terrestre, o ministro também navegou de balsa o Rio Tapajós e fez visitas técnicas aos portos de Miritituba e Santarém.

Operação Radar

A operação é uma estratégia integrada para escoamento da safra 2018/2019. O foco da ação está na BR-163/PA, uma das principais rotas de escoamento da safra de grãos no Brasil. Participam da iniciativa o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e os ministros Sérgio Moro, da Justiça e Segurança Pública, Tereza Cristina, da Agricultura, e general Fernando Azevedo, da Defesa.

A operação, que teve início no dia 2 de dezembro de 2018 e segue até maio de 2019, traz uma série de medidas, como a instalação de bases operacionais em três trechos da BR (pontos críticos), localizados entre os municípios de Novo Progresso e Moraes Almeida; mobilização de mais de 900 pessoas de equipes do DNIT e do Exército; implantação de sinalização específica para controle do tráfego, e envio de mais de 40 veículos e equipamentos especiais.

Siga o Blog do Caminhoneiro nas redes sociais

3 comentários

Anderson Vieira Lopes 04/02/2019 - 22:23

É, o ministro viajou em um caminhão de última geração, um FH novo, tinha que ter viajado em um de média vida, tipo um caminhão ano 2000

Reply
Antônio Júlio da silva 04/02/2019 - 18:59

DomindD existia uma fila muito grande na subida do Sta Júlia,e o exercíto não estava presente com nenhuma máquina

Reply
Ivan Queiroz 04/02/2019 - 14:07

Fico feliz em ver o governo com essa atitude espero com muita anciedade que olhem para os carreteiros autônomos pois depois da greve em que só as transportadoras lucraram nós continuamos a pedir socorro

Reply

Deixe um comentário!

Velho caminhão americano é transformado em carro de passeio muito estiloso Você sabia que o 1° FNM produzido no Brasil era bicudo Conheça os coloridos caminhões do Paquistão Chevrolet C68 é transformado em monstro rat rod Unimog garante operação tranquila em em estradas de geleira na Áustria