“Minuto do Caminhoneiro” – Programa é lançado pelo Governo Federal




O Governo Federal lançou na sexta-feira o programa Minuto do Caminhoneiro, como parte do programa de rádio A Voz do Brasil. O programa é uma parceria entre o Ministério da Infraestrutura e a Secretaria de Governo, para falar diretamente com os caminhoneiros, levando a mensagem do governo e do presidente para os estradeiros.

O programa irá trazer informações, dicas e notícias para quem está na estrada. De acordo com o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, essa é uma forma de aproximar o caminhoneiro do governo.

Conforme o ministro, o programa diário será usado para tratar dos assuntos que vem sendo discutidos pelo governo sobre os transportes, como o piso mínimo de fretes, pontos de parada, assistência médica e odontológica, criação de cooperativas e a criação do aplicativo de fretes do governo federal.

A primeira notícia veiculada pelo Minuto do Caminhoneiro foi a retomada do Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Cargas, que foi criado há quatro anos, e estava parado há mais de um ano. A primeira reunião do novo Fórum foi feita na última sexta-feira. As reuniões irão ocorrer a cada dois meses.

A proposta do fórum é unificar esforços entre o Governo Federal com entidades de apoio e representação nacional das categorias ligadas ao setor. “Ao longo dos seus quase quatro anos de existência, o fórum é o maior canal de diálogo entre os representantes do transporte rodoviário de cargas do país com o Governo Federal e temos agora uma estrutura mais robusta e estruturada”, avaliou o secretário Executivo do ministério, Marcelo Sampaio.

LEIA MAIS  Governo anuncia pacote de medidas para os caminhoneiros

Ele presidiu as discussões desta sexta-feira e destacou a importância do diálogo permanente com a categoria. “O fórum tem o papel de garantir o diálogo entre o governo e essas categorias, de forma que o governo possa identificar quais são os principais gargalos, quais são as principais propostas e como alcançar um consenso efetivamente e encaminhar essas proposições”, explicou.

LEIA MAIS  Manosso Logística e Transportes publica nota de repúdio sobre vídeo de motorista

Criado pelo Ministério da Infraestrutura, o fórum representa 2,6 milhões de caminhoneiros, 37.386 empresas, 1.584 sindicatos e 75 federações. As reuniões tratam de temas de interesse da categoria, como piso mínimo do frete, pontos de parada de descanso, condições das rodovias, preço do diesel, contratos de transporte, direitos dos transportadores, regulamentações do Conselho Nacional de Trânsito (Contran/Denatran), concessões, legislação de trânsito, fiscalização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), relações trabalhistas e legislações tributária e ambiental.

Outra prioridade do fórum é desenvolver ações para melhorar a saúde do motorista, bem como promover programas de capacitação para o aprimoramento do desempenho de suas funções. O Ministério da Infraestrutura está em tratativas para firmar parceria com Ministério da Saúde e SEST/SENAT, em um programa de apoio estruturado para caminhoneiros e familiares. “Promover o bem-estar e a saúde da família do caminhoneiro é a nossa prioridade”, enfatizou.




21 comentários em ““Minuto do Caminhoneiro” – Programa é lançado pelo Governo Federal

  • 26/03/2019 em 11:18
    Permalink

    Isto é uma ótima idéia o problema de nós caminhoneiros agora é a perseguicao policial e o excesso de leis contra a gente creio eu que o policial que quiser consegue multar qualquer caminhão do nosso país ninguém consegue ficar 100porcento

    Resposta
  • 26/03/2019 em 10:59
    Permalink

    Esperamos que seja colocado em pauta a redução do tempo de serviço que atualmente é de 35 anos para 25 anos para que nossa classe tenha acesso a aposentaria especial.
    Segundo pesquisa realizada recentemente a nossa categoria é a que mais tem ceifado vidas de trabalhadores no exercio de suas atividades sem falar que se trata de atividade de risco e penoso sem falar que nos profissionais do setor ficamos dias até meses longe do aconchego do nosso lar e nos distanciando dos nossos laços familiares.
    60% dos caminhoneiros do Brasil tem vínculo empregatício e trabalha de carteira assinada e tudo que foi colocado em pauta não vem trazer Benicio algum para esses profissionais, somente para a classe de altomos então não conte com nosso apoio nesta paralização e quando a polícia rodoviária chegar nos pontos de paralisação e falar quem quer seguir viagem pode seguir não nos chame de covarde,pois covardes são vocês que só pensa em vcs e não na classe como um todo,pois o dia que vcs lembrarem da classe por completa aí sim iremos dar as mãos e lutarmos juntos e abraçar a causa, caso contrário só lamentamos,Abraço.

    Resposta
    • 26/03/2019 em 22:01
      Permalink

      Agora estou aqui na rede pchilau pagando estacionamento no meio do mato 25 reais aonde vamos parar com esta palhaçada . Pois hoje não temos direitos mais de nada nas estrada e só crítica abuso de autoridades e muito mais grande abraço a todos

      Resposta
  • 26/03/2019 em 10:19
    Permalink

    Sou motorista autônomo de cargas e faço a pergunta.
    Porque temos que pagar para as transportadoras, para fazermos os fretes das empresas?
    As empresas já pagam valores acima da tabela para as transportadoras, porém quando as mesmas descontam os impostos e o valor da sua prestação de serviço de nos manifestar (Entre 30% a 40% do frete), o frete para os autônomos fica inviável. Se a legislação permitisse também a emissão do CTe. pelas empresas proprietárias das mercadorias transportadas, acabaria com o atravessador chamado transportadora, resolveria, entre outros, a melhoria da frota de caminhões e o custo do transporte de cargas. E se nesse CTe. emitido pelas próprias empresas, o governo desse um pequeno desconto nos impostos, nos colocaria em igualdade de competição com as transportadoras. Estamos chegando no limite novamente, a maioria das transportadoras não estão nos pagando o valor da tabela ( O manisfesto é preenchido com o valor da tabela, mais só nos pagam na média de 30% a menos se quisermos carregar.), o óleo diesel está caro e não tem fiscalização.

    Resposta
  • 26/03/2019 em 09:17
    Permalink

    Isso e porque estamos organizando outra greve por isso estão querendo nos iludir de novo com esse programa.

    Resposta
    • 26/03/2019 em 11:44
      Permalink

      O governo está preocupado com a aprovação da reforma da previdência , esse é o momento certo de parar tudo. O óleo diesel disparou e ninguém nos consultou para tomar uma decisão. Isso demostra que o governo falhou conosco. Quero que o Bolsonaro faça um bom governo, mais não podemos esperar o diesel chegar a 4.10 pra parar. A hora é agora.
      *Piso minimo para autônomo
      *Redução do preço do diesel na bomba
      *Suspensão de emissão de novos cadastros RNTC
      *Isenção tributária para industria e produtor que carregar direto com o autônomo.
      *Politica de renovação de frota para quem possui caminhão com mais de 15 anos.

      Resposta
  • 26/03/2019 em 08:16
    Permalink

    senhor presidente nois autônomos não temos condições nem de trocar nossos caminhões andamos com Caminhão já ultrapassado as empresas os agricultores compra o caminhão de monte porque tem incentivos e nos não conseguimos comprar um pneus precisamos de ajuda

    Resposta
  • 26/03/2019 em 07:45
    Permalink

    Brasil socialista e cabide de emprego, 418 estatais para o povo levar no lombo e ainda por cima a corrupcao generalizada, por isso pagamos quase 6 meses de impostos !!!!!!!!
    Caminhoneiro quebrou, simples assim!!

    Resposta
  • 26/03/2019 em 01:38
    Permalink

    1200 para fazer uma antt pra que uma aferição de tacógrafo e 420 a porque tem as taxas do governo caralho que tanta taxa e está pra que não dá e multa e pedágio em sao Paulo e dimais 15.80 por eixo 14.90 por eixo iso não existe e te roubar sem arma mesmo A aí Vem os latifundiários que ficarão milionário nas costas dos autônomos e pega todos os frete da cidade e repassa para os morta fome que somos nós por menos que a metade do valor não dá mais aí temos que andar com um caminhão 1975 MB 1113 por 3000 km para ganhar 1100 de lucro aí estoura um pneus temos que ligar até pra vó mandar um dinheiro para ajudar vc sair do prego e o bacana que não feis nada ganho na suas costas 4000 sem ter gastado nada vamos para tudo mesmo por que quando vc chega no norte do país os frete e pior ainda não paga o óleo para voltar com excesso de peso e não tira o óleo de volta os pedágio tem que pagar do bolso antt para que para encher o rabo de quem não dá mais se não tem fiscalização para as coisa serem certa por nois temos que andar certo a e ainda tem mais Sail de sima da rodovia federal e entrar na estadual os guarda não pode te vê que vem até sorrindo os pilantras querendo o café aí se vc não paga para travessar vc já tá ferrado por ué ali aparece todas as multas que tiver na prancheta dele por que vc não deu 50 reias ou 20 ele te ferra pra a vida enteira

    Resposta
  • 26/03/2019 em 00:14
    Permalink

    Boa noite sou caminhoneiro autônomo e acho ótimo as mudanças que estão se criando apoie e continuo apoiando nossa governo .
    Mais vamos fazer uma comparação simples
    Para tentar acha a falta de paciência da classe
    Eu Ouvi notícias que o agronegócio estão tentando entrar com um pedido de anistia para as dividas da safra 2017 por ter sido fraca e bom se conseguirem porque o produtor tem uma função indispensável na sociedade aí o agronegócio resolveu adquirir frota e o governo fazendo seu papel da o incentivo ao produtor rural também é ótimo depois vem as empresas que no caso de um pedido de concordata recebem a tal da recuperação judicial e quando vai adquirir ou renovação de frota tem melhores planos pois como um caminhoneiro autônomo que sou e outros tantos endividados até que vigora as conquistas da classe já estaremos falidos de vez aí vamos pedir anistia das dívidas a quem ou incentivo aonde. Então com todo respeito Srs governantes a classe que está sempre parando a pista não pode continuar trabalhando sem o governo ajudar o caminhoneiros autônomos ter o verdadeiro reconhecimento e apoio dos governantes. Obrigado ao espaço e sou contra uma nova paralisação mas a classe não está tendo outro geito de pedir ajuda.

    Resposta
  • 25/03/2019 em 23:21
    Permalink

    E as multas aplicadas aos caminhoneiros durante a paralisação , aquela que colocaram no pacote junto com outras medidas para ser anistiada e o ex presidente temer vetou , o governo abriu diálogo com a categoria sobre um possível desconto ou parcelamento destas multas isto foi a 6 meses atrás so que até hoje não falaram mais nada , nesta me ferrei está chegando o mes de licenciar meu veículo e estou com uma multa de $5.800 por obstrução de rodovia

    Resposta
  • 25/03/2019 em 21:29
    Permalink

    Cadê aquele cara que dizia ser caminhoneiro
    e que iriairia pres categoria? O tal do chorão? Agora que esta chorando e a classe. Já vai completar um ano depois que os motoristas cruzaram os braços. Até hoje não tivemos resultado algum.
    Estou achando que esse cara virou casaca e está pouco de lixando para nós.
    Como a nossa colega Sueli, disse. Nós não precisamos nos aproximar do governo é o governo que tem que se aproximar da classe. A nossa parte já fizemos que era colocar ele no poder, agora esperamos um resultado que venha beneficiar toda categoria.

    Resposta
    • 25/03/2019 em 22:30
      Permalink

      Boa noite,o negócio é o seguinte, nós caminhoneiros temos que forca o governo aproximar da nossa categoria,e isso é muito simples fazer.é todo caminhoneiro fazer uma reserva de mantimentos por um período de 60 dias e ficar em casa de braços cruzados.nada de bloqueio de rodovias e confrontos com a polícia.deixa os caminhões nas empresas e na porta de casa.ai o Brasil para.rapidinho eles vem atrás.o poder e nosso.sem caminhão nem o presidente come. boa noite

      Resposta
  • 25/03/2019 em 20:48
    Permalink

    Boa noite acho q fomos enganados pois a antt não serve pra nada liguei pra eles esses dias pois a empresa que sou agregado esta baixando o valor do frete e a resposta que eu tive foi q eles não irão ver pois tem uma eque nas ruas fazendo isso , essa equipe deve ser de fantasmas pois niguem nunca viu isso e uma palhaçada nos senpre estamos sendo lezados pelas empresas e elas sempre crescendo e tudo aumentou do combustível a alimentação esses dias fui comer e uma fatia de pizza era 10reais isso e um absurdo e cade quem vamos chama e difícil ser caminhoneiro, uma profissão q e para poucos , queria q o governo tivesse um canal para poder fala como esse obg.

    Resposta
  • 25/03/2019 em 20:44
    Permalink

    Isso é bobeira não serve pra nada.Baixe o preço do óleo diesel que é a melhor medida.

    Resposta
  • 25/03/2019 em 20:27
    Permalink

    Fico feliz com essa atitude do nosso presidente,quem sabe agora nois caminhoneiros poderemos seguir em frente com novas oportunidades e apoio

    Resposta
  • 25/03/2019 em 19:49
    Permalink

    Eu quero um órgão onde se possa denunciar quem não está pagando o frete mínimo,
    Falam que têm que ter a livre negociação eu concordo quem estiver pagando mais eu vou

    Resposta
  • 25/03/2019 em 19:15
    Permalink

    Isto. Tudo e pra ingles ver tudo charopada pra emganar nossa classe kd a tabela de frete ninguem paga esta tabela

    Resposta
  • 25/03/2019 em 17:53
    Permalink

    É essa demagogia que mata… não precisa aproximar o caminhoneiro do governo, é o governo que têm que se aproximar do caminhoneiro. Palavras bonitas dessa raça não enche o tanque, e o diesel está empatando com a gasolina. Carro faz 10 km por litro de.gasolina, caminhão faz 2,5 A3 km por litro de diesel. Essa cambada de incompetentes do governo não é diferente da incompetência daquela.corja de governos anteriores. Cadê a efetiva ação prometida? Ah, entendi… O que saiu da boca dessa galeto demagogia, é a mesma coisa que se usa em geral papel higiênico para limpar. Caminhoneiros autonomos, parem de vez, eu só tenho dois e os dois vão parar. Enquanto vocês escutam aquele sujeito que se diz responsável pela categoria está numa cadeira e sala confortáveis, dando ordens e falando por todos graças a migalha que você é obrigado a pagar para sindicatos. Vamos parar de vez e impor nossas condições. Já provamos que o Brasil pára se nós pararmos, então vamos parar de vez e veremos quem eé forte de verdade!!!

    Resposta
    • 25/03/2019 em 19:04
      Permalink

      Meu caro amigo, falou muito bem, diesel caro, frete baixíssimo ,antt e governo omisso e muita gente sentado no conforto do ar condicionado e salas estruturadas e nós caminhoneiros autônomo batendo alavanca nesse país abandonados a própria sorte… Tenho apenas um conjunto carreta e cavalo mas vou parar sim em apoio a nossa categoria pois paramos ou ficamos sem pneus, sem manutenção, sem veículo e sem dinheiro pra manter a nossa família que choram a nossa ausência e presenciam a nossa dificuldade .

      Resposta
      • 25/03/2019 em 21:23
        Permalink

        Positiva,tubarao,So bla,bla,bla e com isso vamos ai sustentando os atravessadores ao em vez de sustentacao propria,muito dificil,pais da enganacao,oooo cambada de corruptos .Michel Temer acabou de ser liberado,vamos ver no que vai dar ,so Deus na causa

Deixe sua opinião sobre o assunto!