3.000 quilômetros a gás

por Blog do Caminhoneiro

Um Scania R410 realizou o transporte de 18 toneladas de frutas entre as cidades de Castellón, na Espanha, até Estocolmo, na Suécia, usando gás natural liquefeito. A viagem foi feita para mostrar a viabilidade do uso de gás no transporte de longa distância na Europa. Foram mais de 3.000 quilômetros rodados com três abastecimentos.

O R410 é equipado com motor de 13 litros Euro 6, com 410 cavalos e potência e torque de 2.000 Nm, o mais potente motor a gás fabricado pela Scania. A autonomia com o tanque cheio é de mais de mil quilômetros.

A viagem foi feita pela empresa Delta Stock, em parceria com a Scania. A empresa Delta Stock é especializada no transporte refrigerado entre a Espanha e a Escandinávia. Após a viagem, que teve três abastecimentos, o gás natural se mostrou uma opção até 40% mais barata que o diesel, com um consumo menor e quase sem emissão de poluentes.

O motorista responsável pelo veículo no trajeto foi o experiente Nelo Banda, e ele disse que o veículo é muito rentável no transporte, recebendo até isenção de pedágios no trajeto que cortou a Alemanha.

De acordo com a Scania, o motor a gás é a única alternativa real quando se trata de reduzir as emissões. Este motor permite a redução de emissões de CO2 de até 15% com gás natural e até 90% com biogás. Além disso, esse combustível é indicado para uso em centros urbanos, por poluir menos e emitir menos ruídos.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

1 comentário

Luciano 11/05/2019 - 12:18

Fico imaginando esse tipo de caminhão aqui no Brasil
Só às grandes frota poderam adquirir esse tipo de veículo
Eles poderão abaixar o fretes aínda mais
Por que o autônomo só compra veiculo usado
Será o fim de tudo

Reply

Escreva um comentário