Vovô do tráfico – Caminhão FNM 1960 era usado por traficantes de drogas no Paraná

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 97,7 quilos de maconha na noite desta quarta-feira (19) em Alto Paraíso, na região noroeste do Paraná.

A droga estava escondida na cabine de um caminhão popularmente conhecido como Fenemê, sob a cama. O veículo foi abordado na BR-487, em frente à Unidade Operacional Porto Camargo.

Fabricado em 1960, o caminhão da extinta montadora brasileira FNM (Fábrica Nacional de Motores) era conduzido por um homem de 36 anos de idade, que não é habilitado. Também constava contra ele um mandado de prisão por estar evadido do regime semiaberto de Naviraí (MS).

Momentos antes, os mesmos agentes da PRF prenderam um outro homem de 21 anos, que dirigia um carro e seguia logo à frente do caminhão, desempenhando a função de batedor.

Aos policiais rodoviários federais, os dois presos disseram que saíram de Tacuru (MS) e que pretendiam levar o veículo e a carga ilícita até Curitiba (PR).

O crime de tráfico de drogas tem pena prevista de cinco a 15 anos de prisão. A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Civil em Xambrê.