Carteira Digital de Trânsito tem novas funcionalidades




Há cerca de um ano, a Carteira Digital de Trânsito (CDT), solução que une mobilidade, praticidade e comodidade, permite que o cidadão tenha em seus dispositivos móveis a versão eletrônica do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) e a CNH Digital, que têm a mesma validade jurídica dos documentos impressos.

O aplicativo, resultado de uma parceria entre o Serpro e o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), ganhou novas funcionalidades que fazem parte de uma série de melhorias, garantindo sua evolução contínua que tem contribuído para um aumento no número de adesões a esses dois documentos de porte obrigatório no trânsito do Brasil.

Histórico da CNH

Para a CNH Digital foi disponibilizado o histórico das Carteiras Nacionais de Habilitação emitidas e as infrações do condutor. Já as infrações do veículo e os indicadores dos carros (informações sobre restrições, roubo e furto, indicação de recall e multas Renainf) podem ser acessadas na CRLV Digital.

Facilidades para quem já possui o documento digital

Além das novas funcionalidades, foi facilitado o acesso ao CRLV Digital, já que anteriormente o usuário que quisesse obter o documento teria que, para cada veículo, informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) e o código de segurança do Certificado de Registro do Veículo (CRV).

Na nova versão da Carteira Digital de Trânsito, o cidadão que tem CNH Digital pode ter acesso imediato aos documentos de todos os seus veículos. Já o cidadão que não possui a CNH Digital precisa incluir apenas o número do Renavam e o código de segurança do CRV de um dos seus veículos.

Se comparado aos dias de espera para obter um documento impresso, os benefícios e a agilidade de ter esses documentos podem ser observados. No caso da CNH Digital, quando ocorre a renovação da CNH física, para as pessoas que possuem CNH Digital, a CDT informa que está disponível a nova versão do documento. Esta é acessível assim que a CNH física está na situação de emitida na base nacional.

No caso do CRLV Digital, quando é realizado o licenciamento anual, o documento é acessível ao cidadão no momento em que o Detran de sua jurisdição envia a informação para a base nacional (Renavam). O aplicativo da CDT sinaliza que existe um novo CRLV emitido.

Atualmente, cerca de 2,6 milhões de motoristas de todo o país possuem a CNH digital. Já a versão digital do CRLV é utilizada por mais de 360 mil usuários de 15 estados (AL, AP, AM, CE, DF, GO, MA, MT, MS, PR, PE, RJ, RO, SC e SE).

Como obter

Para ter acesso aos documentos eletrônicos, é preciso fazer o download do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), disponível gratuitamente na Google Play e App Store. Depois, basta fazer o cadastramento no aplicativo. O usuário recebe um e-mail e deve clicar no link para ativar o cadastro. Após a ativação, é preciso fazer login no aplicativo e clicar em “adicionar documento”, que será a CNH ou o CRLV digitais.

A autenticidade é garantida pelo QR Code, que pode ser lido para verificar se há alguma falsificação no documento durante uma fiscalização de trânsito. O procedimento de obtenção do CRLV e da CNH Digital é 100% on-line, não sendo necessário o comparecimento do proprietário ao Detran de seu estado.