Caminhoneiro e ajudante morrem em acidente – Quem será responsabilizado?

Na noite da última quinta-feira, 08 de agosto, o caminhoneiro Adeir dos Anjos , de 62 anos, e de seu ajudante, Deivid Sangi da Costa, de 29, seguiam pela Rua Cajurana, no Rio de Janeiro. Ao se aproximarem do viaduto, que está em obras, o motorista reduziu a velocidade.

Quando percebeu que o contêiner que estava na carroceria encostou na estrutura, o caminhoneiro deu marcha-a-ré. A viga de concreto virou e se partiu, atingindo exatamente a cabine do caminhão. O caminhoneiro e seu ajudante morreram em baixo de 55 toneladas de concreto e aço.

A prefeitura afirmou, por meio de duas notas, que o viaduto estava dentro do padrão. Primeiramente informando que a altura mínima exigida para obras do tipo seria de 5,8 metros para vias expressas e 4,8 metros para vias arteriais, como é o caso da Rua Cajurana. Depois, durante a manhã da sexta, disse que as alturas seriam de 5,5 metros e 4,5 metros, para vias expressas e arteriais, respectivamente, e que a altura da viga que caiu seria de mais de 4,5 metros.

A prefeitura afirmou ainda que o caminhão ultrapassava a altura máxima, que seria de 4,5 metros. A reportagem do Jornal Extra esteve no local e mediu a altura do caminhão com a carga. No ponto mais alto, o veículo mediu 4,33 metros, bem abaixo da altura máxima informada pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

Também é possível notar, por fotos tiradas da obra, que as vigas instaladas no local são mais baixas do que a estrutura que já existia, e também não havia sinalização sobre a nova altura.

O caminhoneiro e seu ajudante, mortos no acidente, ficaram presos em baixo da viga de concreto por mai de 12 horas, até que os bombeiros conseguissem retirar seus corpos.

Agora resta uma pergunta: Quem será responsabilizado por essas duas mortes?

Pelo que tudo indica, o erro aqui foi na obra, não no caminhão, e o caminhoneiro e seu ajudante morreram por culpa de terceiros. A Polícia Civil está investigando o caso.




10 comentários em “Caminhoneiro e ajudante morrem em acidente – Quem será responsabilizado?

  • 10/08/2019 em 18:29
    Permalink

    Acho difícil isso acontecer:sou motorista carreteiro trabalho com contêineres ;sob carreta a altura total é 4,20 cm em cima da carreta ;A altura informada pela prefeitura não está correta.

    Resposta
  • 10/08/2019 em 18:16
    Permalink

    Carreta baú ou container já é fabricado no padrão de altura , então não venham com essa que a culpa é do motorista ,e que Deus os tenha

    Resposta
  • 10/08/2019 em 17:55
    Permalink

    Infelizmente em se tratando de outro país , como é o RJ , não vai dar em nada , são dois companheiros de estradas que se foram imbecilmente por culpa de uns engenheiros mal preparados além de outros profissionais que , sabiam estar essa viga muito abaixo do padrão , que é 4,5 mts e não prestaram nem pra colocar um aviso indicando a altura da viga . Que Deus conforte os corações dos familiares . Meus sincero respeito aos familiares e meu total repúdio a incompetência das pessoas responsáveis por mais essa tragédia .

    Resposta
  • 10/08/2019 em 16:30
    Permalink

    A prefeitura, concessionária da obra e imprensa estão sustentando que o caminhão estava com excesso de altura. Como mortos não se defendem, vai ficar assim mesmo. Espero que não inventem de cobrar da família algum custo de reparo. Pela tela da TV eu percebi que a maldita viga estava mais baixa. Que Deus os tenha e conforte as famílias.

    Resposta
    • 10/08/2019 em 21:22
      Permalink

      Cabe uma indenização tão reforçada por parte dos órgãos públicos, para qua acabe de uma vez por todas esse tal processo licitatório, onde que ganha o direito de empreitada são os que oferecem serviços de mais baixa qualidade!

      Resposta
  • 10/08/2019 em 15:34
    Permalink

    Só falta falar que a culpa é do caminhoneiro sempre a corda arrebenta polada mais fraco

    Resposta
  • 10/08/2019 em 15:00
    Permalink

    Boa tarde ! Com toda experiencia que motorista teve pois tinha a noção da altura da carga ! O erra estava na viga ser um pouco baixa do normal !

    Resposta
  • 10/08/2019 em 14:01
    Permalink

    Agora a prefeitura vai soltar outras notas, sempre alegando que está tudo em ordem, a construtora vai alegar que segue padrões internacionais, mas só se for em serviço mal feito. As famílias das vítimas vai demorar uns 10 anos pra serem indenizadas…

    Resposta
  • 10/08/2019 em 12:56
    Permalink

    Não vai dar em nada,quem morreu foi quem perdepois não existe justiça nesse país que puna essas pessoas,olhem os casos das barrgens,alguém tá preso?assim como demais casos tipo matar pessoas atropeladas em cima das calçadas,nas faixas de pedestres,mas no país da impunidade manda quem tem dinheiro e um(ns)carro(s)de luxo.

    Resposta
    • 10/08/2019 em 19:00
      Permalink

      Independente, da altura e ate se o container bater com forca, jamais aquela viga teria partido. Ela nao suportou seu proprio peso. Erro de engenharia. Tanto é que aproveitaram e tiraram a outra viga que estava ao lado. Cambada de incompetentes. Aquela obra esta matando gente desde o começo c as proteçoes de concreto mal sinalizadas. Teria que ser um guard rail de ferro. Td errado e a prefeitura nao vê.

      Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!