Scania irá iniciar produção de caminhões a gás no Brasil em 2020




Caminhoneiros e empresas interessadas em reduzir custos com o transporte rodoviário poderão adquirir veículos movido a gás, que proporcionam uma economia média de 15% em relação ao diesel, a partir de 2020, quando a Scania irá iniciar a produção local de caminhões, com motores de 9 e 13 litros, e potências de 280, 360 e 410 cavalos.

A montadora irá expor os veículos a gás na próxima edição da Fenatran, em outubro, na cidade de São Paulo. Além da produção local dos novos veículos, a montadora fechou uma parceria com a empresa ZEG, que faz parte do Grupo Capitale Energia, dedicada exclusivamente à geração de energia renovável.

“Nosso propósito é liderar a transformação para um sistema de transporte sustentável e não poderíamos fazer isso sozinhos – justamente o que mostra esta parceria, de um lado oferecemos a tecnologia e do outro a ZEG viabilizará a produção do combustível e o abastecimento”, diz Christopher Podgorski, Presidente e CEO da Scania Latin America.

A ZEG irá produzir biometano, chamado de GasBio, no Centro de Tratamento de Resíduos Leste, no distrito de Sapopemba, em São Mateus-SP. A unidade da empresa produzirá o GasBio, e pontos de abastecimento poderão ser instalados no endereço de clientes da Scania que optarem por caminhões a gás.

Além dessa unidade de produção própria, a ZEG pode instalar pequenas unidades de produção de biometano em usinas de cana, de criação de animais e outros. Para comprovar a eficiência do negócio, a ZEG irá iniciar a produção de GasBio na Usina São Martinho, e um caminhão Scania G 410 XT 6×4 será usado nos testes.

A ZEG produz plantas de produção de biometano em estruturas de médio porte, que podem ser instaladas no interior do Brasil, onde a oferta de gás natural é praticamente inexistente.

“Utilizando resíduos orgânicos conseguimos produzir um combustível de excelente qualidade, com performance equivalente ao gás natural e com muitas vantagens ambientais, com redução de até 90% da emissão de gases do efeito estufa”, explica Daniel Rossi, CEO da ZEG e sócio-fundador da Capitale Energia.

O Scania G 410 XT 6×4 é o primeiro caminhão fora-de-estrada fabricado para ser usado exclusivamente com biometano.





Deixe sua opinião sobre o assunto!