Librelato apresenta semirreboque graneleiro com Nióbio na composição




O nióbio é um metal produzido quase que exclusivamente no norte do Brasil, e pode ser usado para um infinidade de aplicações na indústria. Aproveitando as qualidades desse material raro, a Librelato apresentou na Fenatran a tecnologia Pró-Nio, que utiliza nióbio na composição do aço do semirreboque.

Presente na composição do aço do implemento, o nióbio aumenta a rigidez estrutural do implemento, que também fica 780 mais leves que um implemento com um aço de alta resistência.

O implemento apresentado na Fenatran é um graneleiro de 3 eixos, com 12,5 metros de comprimento. Essa redução de peso, de 780 quilos, permite que se leve mais carga no implemento, sem ultrapassar o limite da balança.

A Librelato desenvolveu o implemento em conjunto com a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), que é líder mundial em fornecimento de produtos de Nióbio, e a SSAB, empresa sueca que é líder mundial em produção de aços avançados.

A nova linha Pró-Nio já está a venda na Fenatran. O preço do implemento é cerca de 5% maior do que um implemento convencional, mas com a redução de peso e ganho de carga, o retorno do investimento é rápido.

A Librelato irá manter a linha de implementos convencionais e a Pró-Nio juntas no portfólio de produtos, mas espera que as vendas de semirreboques com essa nova tecnologia cresçam gradativamente.

Atualmente, a venda de semirreboques graneleiros corresponde por mais de 40% das vendas da empresa.





Deixe sua opinião sobre o assunto!