Caminhoneiros se queixam dos custos de cadastro e renovação do RNTRC




Uma das maiores exigências para se transportar cargas no Brasil é o cadastro RNTRC (Registro Nacional dos Transportadores Rodoviários de Cargas). Nesse cadastro da ANTT estão registrados 703.513 transportadores, divididos entre autônomos (547.174), empresas (151.991) e cooperativas (348), com uma frota total de 1.933.696 caminhões, divididos em autônomos (703.984), empresas (1.203.867) e cooperativas (25.845).

Para poderem trabalhar, caminhoneiros, empresas e cooperativas precisam manter o cadastro em dia, sempre atualizado. A ANTT não cobra pela emissão do RNTRC, que é feito por “entidades representativas das categorias de transportador”.

De acordo com a ANTT, essas entidades são responsáveis pelo cadastramento e recadastramento, e, como procedimento padrão dela, tem a cobrança de valores a título de ressarcimento dos custos da prestação desse serviço e disponibilização de materiais.

A reclamação dos caminhoneiros, que o Blog do Caminhoneiro recebe com certa frequência, é o custo. Antes, até maio deste ano, era exigida a instalação de um adesivo nos caminhões, que era vinculado às placas do veículo. As entidades que emitem o RNTRC diziam que o custo era pela emissão dos adesivos. Hoje, o adesivo não é mais exigido, sendo apenas o cadastro eletrônico realizado pelas entidades. Mesmo assim, o custo não foi reduzido.

Um dos caminhoneiros que entrou em contato com o Blog do Caminhoneiro nos informou que teve que pagar R$ 261,00 pela realização da renovação do RNTRC.

Em nota enviada ao Blog do Caminhoneiro, a ANTT informa que os caminhoneiros que se sentirem lesados, podem fazer reclamações e denuncias pelos canais de ouvidoria da agência, no telefone 166, ou no e-mail ouvidoria@antt.gov.br.

Confira a nota da ANTT na íntegra:

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) não cobra para fazer o RNTRC.

Ocorre que, para facilitar o acesso dos caminhoneiros do país inteiro aos serviços necessários ao setor, como a execução das atividades de inscrição e manutenção de transportadores no RNTRC, a Agência firmou convênio com entidades representativas das categorias de transportador: empresas, autônomos e cooperativas.

Estas entidades conveniadas responsáveis pelo cadastramento e recadastramento têm como procedimento padrão, a cobrança de valores, a título de ressarcimento dos custos inerentes a prestação de serviços e disponibilização de materiais.

A ANTT adotará as medidas previstas na Lei, nos instrumentos que formalizaram as parcerias com as entidades de grau superior e nas regras de penalidade aprovadas pela Diretoria da ANTT por meio da Deliberação ANTT nº 002, de 2018, que incorporou o anexo II à Deliberação ANTT nº 186, de 2016.

Reiteramos que as medidas previstas nos instrumentos de regência da matéria são aplicadas quando da constatação de práticas abusivas. Ratificamos, também, a informação de que é prescindível a intermediação junto à ANTT para o registro de reclamações e denúncias contra a cobrança feita por Pontos de Atendimentos credenciados do RNTRC, pelo nº 166 ou no e-mail ouvidoria@antt.gov.br

Caso tenham mais dúvidas, segue o link das perguntas frequentes sobre o RNTRC.
http://www.antt.gov.br/cargas/Perguntas_Frequentes__RNTRC.html





19 comentários em “Caminhoneiros se queixam dos custos de cadastro e renovação do RNTRC

  • 09/11/2019 em 11:13
    Permalink

    Se existe algum benefício para o caminhoneiro em sustentar esta Agencia ele ainda não chegou para nós nas estradas, como tudo no Brasil, chegou as altas taxas e obrigações, que são simplesmente criadas e enfiadas garganta abaixo do cidadão brasileiro, hoje um cadastramento custa em Ribeirão Preto, R$ 261,00 – onde já se viu? existe tecnologia o suficiente para criar um cadastro documental via sistema, porem a tecnologia é utilizada apenas para multar e taxar o cidadão que trabalha, além do alto custo do transporte por conta de impostos e falta de estrutura, além do alto índice de sinistros que encarecem os seguros, ainda tem as burocracias e taxações excessivas no setor, na verdade os governos são os que mais lucram com os assaltos a caminhões e cargas, lucra nos impostos do seguro, lucra nos impostos na compra de outro caminhão para substituir o roubado, lucra nos impostos de financiamento, lucra em todas as taxas e obrigações para se colocar um novo caminhão rodar, há e se o cidadão conseguir vencer isso tudo, ainda tem os impostos diretos nos fretes, ou seja, o governo brasileiro é o sócio majoritário de qualquer empresa brasileira, pesa aos extremos aqueles que tentam galgar algo melhor nesta vida que não seja viver dos programas sociais.

    Resposta
  • 08/11/2019 em 09:54
    Permalink

    nos caminhoneiros autonomos não aceitamos ser sindicalizados é bem por isso que estamos no mato sem cachorro não temos ninguem por nos se nos tivecemos um sindicato e nós pagacemos uma mençalidade de apenas 10,00 reais por mes quando precizace fazer um cadastro não pagariamos nada ai nós podia reclamar na hóra porque estão me cobrando si eu ja estou com a minha parcelinha en dia me esplique porque ta me cobrando mais

    Resposta
  • 08/11/2019 em 09:54
    Permalink

    Muito caro pra tirar e muito complicado pois moro no interior e 300 km da capital e ligo pra povo da antt e eles me mandam ir pra rio verde uma coisa que deveria fazer em todos os município tive um gasto de 1200 pra consegui fazer o meu muito caro

    Resposta
  • 08/11/2019 em 09:12
    Permalink

    Ilegal a ANTT transferir para entidades privadas um serviço que é público. Além disso, as “entidades conveniadas” cobrarão o preço que quiserem, incorrendo em abusos contra camioneiros e transportadoras. Exemplo disso é a aferição de tacógrafos; Um absurdo, uma vergonha.

    Resposta
  • 08/11/2019 em 03:07
    Permalink

    Nos caminhoneiros carregamos todos nas costas cada um tira um pouquinho . ANTT órgão cabide de emprego e não sabe o que e transporte

    Resposta
  • 07/11/2019 em 21:28
    Permalink

    ANTT é uma agência aparelhada de COMUNISTAS com o propósito de acabar com o autônomo. Este número dado para reclamar não atende. Ministro Tarcísio tem que mandar fechar esta agência. Ela não presta em nada.Tudo poderia ser feito pela internet, mas ela não tem interesse em implantar o sistema online.

    Resposta
  • 07/11/2019 em 21:04
    Permalink

    Um absurdo, esta agência deixa os sindicatos nadarem de braçada encima dos caminhoneiros, porque não fazem um cadastro digital? Tecnologia usada para cobrar e taxar eles desenvolvem, mais tecnologia para prestar serviços e desburocratizar não fazem, criam obrigações e com elas o alto custo.

    Resposta
  • 07/11/2019 em 20:25
    Permalink

    Boa noite liguei para o sindicato dos caminhoneiros autônomos aqui de Guarulhos na avenida atos Dumont me cobraram 599,00 reais liguei em sto André 285,00 acho que devia ser um valor bem mais em conta já não basta o óleo diesel caro pedágios e manutenção cara ainda temos que pagar esse absurdo para o recadastramento

    Resposta
  • 07/11/2019 em 20:18
    Permalink

    No início eu fazia pelo correio. Mandava os documentos num envelope diretamente para Brasília e a ANTT devolvia também pelo correio.

    Resposta
  • 07/11/2019 em 20:07
    Permalink

    Inclusive sugerir abrirem link para cadastro direto pelo site da ANTT, mas, responderam que só através representantes de sindicatos, tenho comprovado pelo email. Caminheiros acordem, temos como mudar. “Juntos somos mais fortes”

    Resposta
  • 07/11/2019 em 20:02
    Permalink

    Falsa informação da ANTT, já denunciei a ouvidoria e tenho resposta pelo email, comprovou com a resposta que a informação acima não é verdadeira. Inclusive em na Bahia os representantes dos sindicatos cobram R$ 960,00 pela renovação de um conjunto de bitrem.

    Resposta
  • 07/11/2019 em 19:17
    Permalink

    Isso aí teria que fazer o cadastro com as entidades só a primeira vez, depois a própria pessoa entrava no site e fazia a impressão do boleto sem precisar de entidades, fica aí a minha opinião.

    Resposta
  • 07/11/2019 em 19:12
    Permalink

    Sindicatos e associações estão metendo a mão faz tempo. Ridículo eu ter que ir a eles pra vincular um veículo a um registro.
    Ontem paguei 310 reais para vincular cavalo e carreta…..palhaçada!

    Resposta
  • 07/11/2019 em 16:52
    Permalink

    Quem devemos procurar para fazer a adesão de uma carreta ou um caminhão em nossa próprio registro

    Resposta
  • 07/11/2019 em 15:59
    Permalink

    Ontem paguei 800 reais pra adesão de um cavalo e uma carreta..para o pessoal da triângulo auto peças em Uberlândia…quem tá roubando

    Resposta
  • 07/11/2019 em 13:43
    Permalink

    Em Fortaleza o sindicato cobra R$ 680,00 para fazer um cadastro novo, se não existe a cobrança porque essa entidade cobram então, e porque a própria ANTT não faz o cadastro nas cidades onde ela tem agência de atendimento, e deixa a cargo dos credenciados somente onde não existe agência para atender, na minha opinião isso é corrupção!

    Resposta
    • 07/11/2019 em 14:45
      Permalink

      Sest senta não cobra não moço..sindicato é pura bucha..por isso que ninguém quer ser sindicalizado ..os caras so querem depenar a gente.

      Resposta
      • 07/11/2019 em 18:43
        Permalink

        Amigo, desculpa a correção, mas o verdadeiro nome é SEST SENAT,
        Não é SEST SENTA!!

Deixe sua opinião sobre o assunto!