Aditivos para combustíveis em veículos a diesel promovem redução na emissão de gases

O uso de aditivos para combustíveis nas frotas de veículos movidos a diesel é fundamental para manter a qualidade da operação do equipamento e auxiliar na redução das emissões de gases liberadas pelo uso do combustível.

Segundo dados do SEEG (Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa), somente em 2016, frotas brasileiras de caminhões foram as principais responsáveis pela emissão dos poluentes, somando mais de 84 milhões de toneladas de CO2.

Para reduzir a quantidade de poluentes emitidos no ar é aconselhável que sejam usados combustíveis aditivados ou que os próprios motoristas adicionem os aditivos em seus tanques. “Os aditivos para combustíveis são um dos produtos mais eficientes para ajudar na redução de CO2 e outros gases emitidos no ambiente. Além de contribuir para a melhoria da qualidade do ar, esse produto aumenta a performance do veículo”, explica Luis Fernando Sabino, gerente de combustíveis do negócio de Aditivos e Lubrificantes da BASF.

Os aditivos contribuem para a remoção e prevenção de sujeira no motor e no sistema de injeção de filtros, garantindo que estejam sempre limpos, além de aumentar a vida útil do veículo. Também promovem a economia e evitam a degradação do diesel, diminuem os custos de manutenção, entre outros benefícios.

Um caminhão ou ônibus movido a diesel que roda, em média 8 mil km por mês, pode diminuir o consumo de combustível de 3% a 4 % com o uso de um diesel aditivado, o que corresponde a uma redução emissão de gases equivalente ao total do volume produzido por um carro de passeio durante um ano, explica Sabino.





RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL

Seu e-mail (obrigatório)


Deixe sua opinião sobre o assunto!