Transporte de cargas especiais terá restrição por 30 dias no sistema Anchieta-Imigrantes

por Blog do Caminhoneiro

É isso mesmo! Acredite se quiser: durante exatos 30 dias, de 13 de dezembro a 13 de janeiro de 2020, os veículos transportando cargas especiais com comprimento acima de 30 metros, largura, acima de 3,60 metros, altura, acima de 5 metros ou peso bruto total acima de 45 toneladas, ficarão proibidos de trafegar, com origem ou destino ao Porto de Santos, através do Sistema Anchieta-Imigrantes.

Não é preciso dizer sobre o enorme impacto que essa restrição causará à produção e escoamento de milhares de diferentes tipos de cargas, máquinas, peças e itens diversos, com dimensões excedentes, em especial àquelas com contratos de exportação.

A justificativa da concessionária Ecovias é o aumento do volume de tráfego devido aos feriados de Natal, Ano Novo e Férias Escolares.

Porém para o presidente da LOGISPESA, João Batista Dominici, há algumas outras questões que têm que ser respondidas pelo Governador João Dória, pelo DER, pela ARTESP e pela ECOVIAS, a saber:

1. como pode o estado de São Paulo ainda não ter encontrado uma solução para a falta de uma ligação rodoviária adequada para o transporte de cargas especiais com destino ao Porto de Santos, durante os 365 dias do ano?

2. por que restringir por um período tão longo o trânsito de cargas especiais no SAI?

3. por que essa excessiva priorização do transporte individual sobre o transporte de cargas?

4. por que não limitar a restrição apenas aos dias com efetivo aumento do volume de trânsito?

Confira abaixo os dias e horários com restrição ao trânsito de cargas especiais devido aos feriados de Natal, Ano Novo e Férias Escolares:

Artigo de João Batista Dominici

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

1 comentário

Rubens Tavares 12/12/2019 - 12:50

MUITO ESTRANHOS ESSA MATÉRIA, COMEÇA DIZENDO DATA DE 13 DE DEZEMBRO A 13 DE JANEIRO DE 2021 E MOSTRAM TABELA DE 2019 A 2020. EU HEIM?

Reply

Escreva um comentário