Scania inicia produção experimental de trens-de-força para caminhões elétricos

A Scania começou a produção de eixos e caixas de câmbio para caminhões elétricos de forma experimental em sua fábrica de Södertälje, na Suécia. De acordo com a montadora, pelo menos três protótipos são produzidos todas as semanas, para ajuste da linha de montagem para produção em série.

“É emocionante trabalhar com tecnologia do futuro”, diz o montador Fredrik Angenent. “Também é muito diferente da montagem normal aqui na oficina. Na linha de montagem, montamos uma parte do produto, enquanto aqui montamos a caixa de câmbio elétrica a partir do zero”.

Uma transmissão elétrica conta com mais de 200 componentes diferentes, entre o motor, engrenagens, cabos de alta tensão e outros. Apesar disso, essas transmissões são menores dos que as de um motor a diesel.

Depois de montadas, essas transmissões são testadas em uma bancada especial, desenvolvida pela montadora exclusivamente para essa finalidade.

“Planejamos a produção há três anos, construindo gradualmente a linha de montagem”, diz Catarina Hemning, supervisora ​​da montagem de caixas de câmbio eMobility. “Agora nos sentimos preparados para volumes maiores”.

De acordo com a Scania, as transmissões produzidas nesse linha de montagem já são eficientes o suficiente para serem produzidas comercialmente.

“Aprendemos muito ao longo do caminho e ainda há mais a aprender. Mas alcançamos maturidade suficiente para fornecer ao mercado uma caixa de câmbio elétrica competitiva para veículos elétricos a bateria”, diz Thomas Ekbäck, engenheiro de desenvolvimento da Scania.





RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL

Seu e-mail (obrigatório)


Deixe sua opinião sobre o assunto!