Coopercarga testa caminhão chinês Shacman com tecnologia GNL

A Coopercarga, operadora logística fundada em 1990 no estado de Santa Catarina, começa a testar em uma operação dedicada à Ambev, um caminhão Shacman X3000, fabricado na China, e importado pela Alliance GNLog, que prevê uma frota de até 1.000 caminhões do tipo até o final de 2020 operando no Brasil.

A operação é fruto da parceria entre a Coopercarga e a Ambev com a Golar Power, uma joint venture entre a norueguesa Golar LNG e o fundo Stonepeak Infrastructure Partners, que se dedica ao desenvolvimento de projetos voltados ao uso do gás natural liquefeito (GNL) e à geração de energia.

As grandes vantagens do GNL no transporte rodoviário de cargas são a grande autonomia do veículo, podendo ser superior a 1.000 quilômetros, menor custo por KM rodado, emissões de poluentes praticamente zeradas, com o desempenho do veículo sendo compatível com um similar a diesel.

“A Coopercarga, preocupada com o tema de sustentabilidade, que está em nossos valores, está testando um caminhão GNL. A implantação ocorreu na operação dedicada com a Ambev, em Jundiaí. A tecnologia possui emissão de poluentes praticamente nula e é testada em parceria com a Ambev, Aliiance e Golar”, disse a Coopercarga em comunicado. “Estamos focados, preocupados e buscando cada dia mais agir de forma sustentável”.

Deixe um comentário!

Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro Scania já teve 13 séries especiais no Brasil Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu T112MC – Scania desenvolveu modelo exclusivo para a Nova Zelândia