IC Transportes adquire 200 novos caminhões Volvo

por Blog do Caminhoneiro

Empresa de Sumaré (SP) dedicada ao transporte rodoviário de produtos sólidos, líquidos e gases a granel, a IC Transportes adquiriu 200 caminhões Volvo – 193 FHs e sete VMs – para renovar parte de sua frota. Com valores similares aos da Volvo, a IC Transportes tem um programa robusto de treinamento de motoristas com foco na segurança e no meio ambiente. A transportadora é a maior do Brasil no segmento de gases do ar e está entre as principais no setor de granéis sólidos, segundo Ivan Luis Camargo, vice-presidente comercial.

“Na IC Transportes, acreditamos em um negócio sustentável: uma operação segura que atenda às necessidades de nossos clientes, mas com atenção total à segurança das pessoas e ao meio ambiente. Nossos valores são parecidos com os da Volvo. Isso facilita a relação e é um dos motivos da parceria de mais de duas décadas”, afirma o empresário.

O diretor comercial de caminhões da Volvo, Alcides Cavalcanti, segue na mesma linha: “A IC Transportes mais uma vez opta pelos produtos e serviços da marca pela excelência e coincidência de propósitos, o que explica nossa longa parceria”.

Hoje, 70% da frota da IC é Volvo. “O custo-benefício é muito bom em todos os aspectos. Além de ter caminhões excelentes, incluo o pós-venda, a relação com a rede de concessionárias, os planos de manutenção, o tratamento de dados e o direcionamento de treinamentos. É todo um pacote que permite resultados cada vez mais eficientes para a empresa”, conta Camargo.

A IC Transportes tem oficinas na sede em Sumaré e na filial em Cubatão, ambas em São Paulo. Todos os veículos Volvo da transportadora têm plano de manutenção Ouro, o mais completo da marca.

Pacote de segurança Volvo

Sobre as qualidades do FH e do VM, Ivan Luis Camargo elenca a alta confiabilidade, disponibilidade e baixo consumo de combustível, um dos principais custos da transportadora, além da tecnologia de segurança, a parte autônoma e de dados para acompanhar o desempenho e melhorar o treinamento dos motoristas. “Uma soma que assegura baixo custo operacional e, com isso, eleva nossa competitividade no mercado”.

Os novos caminhões da empresa são equipados com o pacote de segurança Volvo. Entre vários itens, estão o sistema de controle de estabilidade ESP (reduz o risco de o veículo tombar em curvas e manobras erradas), alerta de mudança de faixa (câmera que alerta se o motorista passar sobre as faixas da estrada sem sinalizar, indicando fadiga), detector de atenção (monitora a condução e emite alerta em caso de fadiga e sonolência do motorista) e sistema de frenagem em emergência, que monitora os veículos à frente, adapta a velocidade e, caso o motorista não reduza a velocidade, freia sozinho o caminhão.

Banco Volvo

O Banco Volvo financiou o lote inteiro de 200 caminhões. O empresário valoriza a cooperação com a VFS (Volvo Financial Services). “A taxa de juros é competitiva e a negociação é fácil. Eu ‘terceirizo’ a burocracia. O Banco Volvo resolve tudo”, assegura Ivan.

A IC Transportes

A empresa transporta granéis sólidos (matéria prima para fertilizantes e comodities agrícolas), granéis líquidos (combustível e químicos) e gases (gases do ar, hidrogênio, amônia e propeno) para hospitais e indústrias. Os FH e VM rodam principalmente com tanques, basculantes e vasos de pressão para os gases. A operação de líquidos e sólidos é mais focada no Sudeste. Já a de gases do ar, onde a IC Transportes é a primeira do país, segundo Ivan Camargo, em todo o território nacional. A transportadora tem 28 unidades em 11 estados, todas conectadas em tempo real com a matriz.

Boa parte voltada para segurança, a empresa mantém um programa vigoroso de treinamento de motoristas, que hoje somam 1,4 mil. Inclui aulas de teoria e prática para recém-contratados e também reciclagens periódicas, que vão de mensais a anuais para todo o staff. Nenhum motorista que chega à IC Transportes conduz um caminhão antes de um período de 10 a até 90 dias de treinamento. O programa tem colaboração ativa da Volvo, principalmente entre os multiplicadores.

A frota da empresa tem idade média de apenas 2,5 anos. A renovação é sempre anual e atinge entre 15% e 20% dos caminhões. A empresa transporta cerca de 8 milhões de toneladas de carga por ano. Para isso, seus caminhões rodam até 80 milhões de quilômetros.

Entre os principais clientes, estão Air Liquide, BP Bioenergia, Braskem, ExxonMobil, Messer, Mosaic, Oxiteno, Raízen, Rumo e Yara. Segundo Ivan Luis Camargo, a IC Transportes cresceu 15% ano passado sobre 2018 e projeta mais 8% para este ano.

A empresa está há 37 anos no mercado. Nasceu em Campinas com uma história curiosa. “Meu pai tinha um posto de combustível, o Três Vias. Um cliente e amigo que devia diesel pagou com um caminhão e ajudou a conseguir clientes no segmento de fertilizantes”, conta o executivo. O pai, Ivan Camargo, está se afastando da gestão. Hoje, Ivan Luis gerencia a parte comercial e operacional e sua irmã, Fernanda Camargo Sarreta, a administrativa. O posto Três Vias pertence até hoje à família.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário