Volvo FMX completa 10 anos de sucesso

por Blog do Caminhoneiro

Apresentado em 2010 pela Volvo, o FMX é um caminhão desenvolvido especialmente para operações que exigem muito de um caminhão, como mineração, construção, florestal e canavieiro.

Apesar da Volvo já oferecer modelos para aplicações do tipo anteriormente, o FMX nasceu a partir de sugestões de transportadores de várias partes do mundo.

“O Volvo FMX é um divisor de águas no mercado de caminhões. Rapidamente se tornou referência para frotistas e também para os motoristas. Com ele, a marca teve crescimento expressivo no segmento off road, no mundo todo”, afirma Alcides Cavalcanti, diretor executivo de caminhões da Volvo no Brasil.

Desde o lançamento, o caminhão já contava com mais robustez do que seus irmãos rodoviários, como o FH, para poder suportar qualquer condição fora-de-estrada, como pino de reboque de alta resistência, proteção de faróis, degraus antiderrapantes e uma escada atrás da cabine, muito útil para acesso ao implemento.

Em 2014, chegou ao Brasil a nova geração do modelo, com novo design, baseado no novo FH, e ainda mais robustez, com vários sistemas e componentes reprojetados.

O caminhão passou a receber uma nova suspensão que aumentou a altura do solo para 300 mm e o pino de reboque foi redimensionado para 32 toneladas.

O pesado também conta com o câmbio I-Shift, consagrado para operações rodoviárias, mas que recebeu modificações para rebocar composições com até 250 toneladas.

“Podemos chamar de ‘I-Shift Off Road’, específica para a severidade da operação fora de estrada”, afirma Jeseniel Valério, gerente de engenharia de vendas de caminhões da Volvo.

Em 2016 passou a ter opções de marcha super-reduzidas, que permitem arranques em composições de 250 toneladas. Elas permitem também a condução em velocidades muito baixas, até 0,5 km/h, o que ajuda na precisão de manobras de composições grandes e em locais apertados.

Sucesso

Sucesso em muitos países do mundo, o FMX também é consagrado no Brasil, e no ano passado passou a ser usado para uma de suas tarefas mais duras: o transporte de madeira nas fazendas da Suzano Papel e Celulose, com 6 carretas, 52 metros de comprimento e até 250 toneladas de PBTC.

“Os caminhões Volvo sempre foram referência em operações severas. Mas com o FMX, a marca chegou no mais alto patamar em robustez e resistência. Temos vários relatos de clientes atestando que nenhum outro caminhão aguenta as condições que o FMX suporta”, afirma Jeseniel Valério.

Atributos

  • Caixa de câmbio I-Shift, com opcional de marchas adicionais super-reduzidas.
  • Opções de motor de 380 a 540cv de potência.
  • Chassis extremamente robusto, com longarina dupla de fora a fora.
  • Eixo traseiro com redução nos cubos, carcaça fundida e cardan super-resistente.
  • Opções com capacidade máxima de tração (CMT) até 250t (sob consulta).

Sucesso na web

Ao longo da história do modelo, vídeos do Volvo FMX fizeram sucesso nas redes sociais:

Veja quem está dirigindo

Sophie, uma garota de 4 anos, pilota um Volvo FMX por controle remoto.

O gancho

Presidente da Volvo Trucks comprova a resistência do pino de reboque do Volvo FMX.

O especialista

Um especialista em suspensões da Volvo demonstra a altura do solo do Volvo FMX.

O Hamster

Um hamster controla o Volvo FMX, graças a sua direção suave e precisa.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

1 comentário

Gato Preto 22/09/2020 - 15:14

Que caminhão? Creio ser esse um dos mais robusto do mundo!

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!