Scania apresenta caminhão fora-de-estrada 10×4 com capacidade de 55 toneladas de carga

por Blog do Caminhoneiro

A Scania apresentou hoje seu novo caminhão para operações fora-de-estrada, principalmente mineração, em versão G 540 10×4/6 XT Heavy Tipper, com capacidade de carga líquida de 55 toneladas, sendo o caminhão mais próximo da linha amarela disponível no Brasil, concorrendo com modelos articulados.

De acordo com a Scania, além da grande capacidade de carga, com Opex (despesas operacionais) e Capex (despesas de capital) muitos menores, custo total de operação (TCO) mais competitivo, e maior versatilidade na atividade, o que resulta em aumento de produtividade.

“A Scania investe globalmente há muitos anos no desenvolvimento de caminhões fora de estrada. Eles já nascem com DNA 100% vocacionais para o off-road. Por não serem adaptados tornam a operação do cliente mais eficiente. A linha vocacional off-road XT estreou com a Nova Geração, em 2018. Seu amplo portfólio é sucesso absoluto na redução do custo operacional do cliente. Chegou a hora de lançar o produto de maior capacidade de carga do mercado e que traz a melhor solução na comparação com a linha amarela”, explica Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Soluções da Scania no Brasil.

Os novos modelos da Scania da linha XT são ainda mais robustos que seus irmãos menores, e foram desenvolvidos para atender demandas severas de mineração e construção pesada, como de grandes obras de infraestrutura, por exemplo de hidrelétricas.

“Apesar da pandemia, o ano de 2020 manteve o segmento da mineração estável, aquecido e propiciando grandes negócios para a Scania. Já as grandes construções vêm sendo retomadas gradativamente pelas iniciativas pública e privada. Agosto foi o melhor para nós numa mensuração dos 30 últimos meses de vendas de produtos da gama off-road, com mais de 350 unidades comercializadas. Portanto, seguimos confiantes no potencial desses dois mercados para os próximos anos, destaca Munhoz.

Com o novo G 540 10×4, a carga máxima sobe das atuais 44 toneladas na versão 8×4, para 55 toneladas. Essa versão 8×4 é uma das mais vendidas pela Scania no Brasil. O PBT do novo Scania G 540 10×4 é de 69 toneladas, o maior do segmento.

“Os concorrentes oferecem no máximo 35 toneladas de carga e 50 t de PBT. A Scania está inovando o mercado mais uma vez e vai superar as expectativas dos clientes. Ainda em comparação aos 8×4 competidores, o Scania 10×4 possibilita até 15% de redução no custo por tonelada, pois são necessários menos veículos para movimentar a mesma carga”, salienta Fabricio Vieira, gerente de Soluções Off-Road da Scania no Brasil.

Gigante

O G 540 10×4 se move com a força do motor DC13 172 540 Euro 5, com 540 cavalos de potência e torque de 2.700 Nm, com tecnologia de injeção de combustível XPI de alta pressão.

O bogie traseiro tem capacidade de carga de 36 toneladas, e os eixos direcionais tem capacidade de carga de 11 toneladas cada.

O novo eixo cardã suporta mais torque, o caminhão tem melhor eficiencia para partida em rampas, com mais robustez de diferencial e redução de cubo com relação final 7.63:1, com capacidade máxima de tração de até 210 toneladas.

O pesado também recebe o terceiro eixo direcional, posicionado na frente do bogie traseiro, que foi desenvolvido pela Scania, e tem um novo mecanismo de acionamento.

Todo o conjunto de suspensão do modelo, como molas, barras estabilizadoras e amortecedores foi alterado, para suportar a maior demanda de carga.

A Scania também deixou o sistema de direção e freios ainda mais robustos, para garantir a segurança da operação.

O câmbio é o Opticruise GRSO935R, automatizado de 14 velocidades, com um modo Off-Road, que permite ao motor ter rotações mais altas se houver necessidade. O câmbio também é equipado com o lay shaft brake, um sistema de freio do eixo secundário do câmbio, que garante trocas mais rápidas, seguras e suaves.

O sistema de freio auxiliar Scania Retarder oferece 4.100 Nm de torque de frenagem, e pode funcionar com as marchas desengatadas, para economizar combustível.

O caminhão ainda tem controle de tração, sistema de auxílio de partida em rampa, eixo traseiro com diferencial duplo, para-choque em aço com ângulo de ataque de 29º, proteção nos faróis, espelhos retrovisores reforçados e pino de reboque frontal com capacidade de 40 t.

A Scania é a única montadora que dispõe de itens customizados para o fora-de-estrada, como limpador de para-brisa na posição vertical, indicadores de torque dos parafusos das rodas, degrau articulado e preparação para o inclinômetro e para a estrutura física e elétrica do implemento.

Como opcionais, o Heavy Tipper 10×4 pode ser equipado com airbags no volante e de cortina, além de bafômetro.

O preço sugerido para o modelo, em versão básica, fica em R$ 950 mil, com entregas a partir de abril de 2021.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

1 comentário

Gato Preto 13/09/2020 - 15:44

Que maravilha de lançamento!
Certamente irá tirar muitos da linha amarela do sistema, creio ser esse mais barato e com custos de manutenção mais em conta!
Parabéns pelo lançamento e sucesso!

Reply

Escreva um comentário