Kenworth apresenta o novo T680

por Blog do Caminhoneiro

Poucos dias após a Peterbilt apresentar a nova geração do modelo 579, a Kenworth revelou o novo T680 para o mercado norte-americano. As duas empresas fazem parte do Grupo Paccar, e dominam mais de 30% das vendas de caminhões pesados nos Estados Unidos e Canadá.

O novo T680 é mais aerodinâmico, traz ainda mais conforto para o motorista e diversos avanços tecnológicos, como uma tela no lugar dos mostradores do painel.

Por fora, o caminhão recebeu um novo capô e novo parachoque, mais aerodinâmicos, e também diversos detalhes, como novas palhetas do limpacor, novas carenagens, calotas nas rodas e outros, tudo para melhorar o fluxo de ar ao redor do veículo. Essas mudanças estéticas garatiram 6% de economia de combustível em relação ao modelo T680 anterior.

O motor padrão para o modelo é o Paccar MX-13 EPA 2021, com 12,9 litros, além de transmissão e eixos Paccar. A potência fica entre 405 e 510 cavalos de potência, com torque de 2.100 a 2.500 Nm. Como opcional, o modelo pode receber motor Paccar MX-11, de 10,8 litros, com potências entre 355 e 455 cavalos e 1.700 a 2.304 Nm de torque. O câmbio é automatizado, com 12 velocidades.

“Superamos a eficiência do consumo de combustível do atual T680, por meio de avanços aerodinâmicos e inovações de design. Como resultado, Kenworth T680 Next Generation é o caminhão mais aerodinâmico da história da empresa”, disse Joe Adams, engenheiro-chefe da Kenworth.

Para reduzir o espaço entre a cabine e o implemento, o novo T680 recebe defletores de ar atrás da cabine, de 28 polegadas de comprimento total, que melhora o fluxo de ar. Para facilitar o acesso ao chassi, esses defletores são móveis.

Os faróis são totalmente em LED, e possuem um aquecedor embutido para limpar neve e gelo em caso de congelamento. Opcionalmente, o modelo pode receber lâmpadas convencionais.

Por dentro

Uma das principais mudanças no interior é a tela de 15 polegadas, que substitui os mostradores de ponteiros. Essa tela tem diversas configurações, para mostrar ao motorista exatamente o que ele quer ver sobre o caminhão. Em caso de qualquer anomalia, o sistema já emite sinais de alerta para o motorista.

O caminhão também recebeu o novo volante SmartWheel, que permite que o motorista controle diversas funções, como a tela do painel, controle de cruzeiro, rádio e etc., sem tirar as mãos do volante.

Para agilizar o trabalho do motorista, o caminhão recebeu um botão na cabine de autoteste das luzes externas. Ao pressionar o botão, o sistema é testado eletronicamente, e, em caso de luzes queimadas, o motorista é avisado.

Quando o motorista para o caminhão, a tela do painel muda automaticamente e exibe um resumo da viagem, e também pode fornecer um relatório completo de Avaliação do Desempenho do Motorista, além de dar conselhos para o motorista melhorar seu rendimento ao volante.

O caminhão conta com quatro versões de cabine, sendo uma curta, uma com leito de 40 polegadas, 52 polegadas e 76 polegadas de comprimento.

O T680 atual continuará em produção até o final de 2021. O novo T680 tem entrega previstas para o meio do ano. Os preços não foram divulgados.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

1 comentário

Celestino Gonçalves Filho 12/02/2021 - 15:22

Caminhão imponente perfeitamente representando o mercado americano. Tem mais coisas na tela de computador que substitui os instrumentos que o meu carro !

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!