Nimbi vai antecipar pagamento de fretes aos caminhoneiros

por Blog do Caminhoneiro

A Nimbi lançou recentemente um serviço de antecipação de recebíveis para caminhoneiros autônomos, por meio de uma integração entre os aplicativos Nimbi Frete e Nimbi Conta. Após a realização de um frete, o caminhoneiro poderá solicitar a antecipação dos valores que tem a receber, de maneira segura e sem complicação.

Para permitir que a operação seja realizada com rapidez, a Nimbi preparou um fundo de crédito de R$ 30 milhões. Quando o caminhoneiro solicita o recebimento antecipado do valor dos fretes, recebe no mesmo dia, com taxas competitivas.

Com essa novidade, a Nimbi pretende dar mais fôlego financeiro para os caminhoneiros, que poderão receber os valores dos fretes quase imediatamente.

“Antes, isso era inviável porque estes profissionais contavam apenas com ofertas que ofereciam juros abusivos e grande burocracia bancária”, afirma Carolina Cabral, sócia diretora da Nimbi.

A solução vai trazer mais segurança e agilidade para os caminhoneiros.

“Sem dúvida, a antecipação dos recebíveis vai facilitar a vida dos caminhoneiros, pois através da nossa plataforma ele passa a ter acesso a taxas justas e tem as informações transparentes de quanto irá receber e o quanto está pagando pelo serviço. Sem pegadinhas e letras miúdas, além de não termos burocracia, só precisa estar utilizando o Nimbi Frete e ter a Nimbi Conta”, relata Carolina.

A antecipação de recebíveis é solicitada pelo caminhoneiro através do aplicativo Nimbi Frete e pelas transportadoras pelo Gestão de Fretes, plataforma que auxilia no planejamento e negociação das viagens. Já o pagamento cai direto na conta digital, Nimbi Conta, de ambos, para que utilizem em seus fluxos de caixa e pagamentos das viagens.

“A Nimbi Conta por ser gratuita, vai colaborar diretamente para que o caminhoneiro receba seus pagamentos sem ônus e de forma ágil e segura. Além disso, adicionamos à conta um cartão pré-pago, isento de anuidade e taxas, que facilita as transações financeiras”, afirma. Segundo a executiva, a aquisição do cartão ocorre de maneira simples, sem burocracia e o motorista recebe o cartão com o seu próprio nome, direto no seu endereço, aponta Carolina.

Até o final de 2021, a sócia diretora da Nimbi espera que a Nimbi Conta abranja 9 mil caminhoneiros e movimente mais de R$ 1 bilhão de reais.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados

1 comentário

jose 09/04/2021 - 06:10

Mais um para ganhar $$ nas costas dos caminhoneiros

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!