Cidade de Nova York irá contar com frota de caminhões elétricos Mack LR para coleta de lixo

por Blog do Caminhoneiro

O Departamento de Saneamento da cidade de Nova York começará a receber os primeiros caminhões de lixo totalmente elétricos fornecidos pela Mack ainda esse ano. O departamento realizou o pedido de sete unidades do modelo LR, que tem cabine rebaixada e é próprio para esse tipo de operação. Cada caminhão irá operar em um bairro da cidade.

Em setembro do ano passado, a Mack forneceu um LR para ser usado na cidade de Nova York, em meio ao programa de testes e desenvolvimento do caminhão. Esse caminhão foi usado no bairro Brooklyn, e serviu para o Departamento de Saneamento também avaliar as vantagens do modelo elétrico, como capacidade de carga, desempenho do veículo, tempo de recarga e sistema regenerativo dos freios, que gera eletricidade para as baterias.

“O pedido do Departamento de Saneamento da cidade de Nova York para mais sete caminhões Mack LR Electric mostra o fato de que o desempenho do modelo de testes usado no Brooklyn está atendendo e até excedendo suas expectativas. Os caminhões Mack são, há muito tempo, a escolha número um dos clientes de coleta de lixo e agora estamos bem posicionados para sermos também os líderes do setor em mobilidade elétrica. O Mack LR Electric está equipado com o trem de força elétrico integrado da Mack e ajudará a cidade de Nova York e o departamento a atingir suas metas de emissão zero”, disse Jonathan Randall, vice-presidente sênior de vendas e operações comerciais da Mack Trucks.

O DSNY tem mais de 6 mil veículos, que coletam cerca de 12 mil toneladas de lixo diariamente na cidade de Nova York, sendo o maior departamento de saneamento municipal do mundo. A maioria da frota já é de caminhões Mack.

O LR elétrico foi apresentado pela Mack em 2018, e o modelo cedido para testes na cidade de Nova York continua em operação. O caminhão conta com um motor de 448 cavalos de potência e 5.492 Nm de torque, entregues já na primeira rotação do motor. O motor é ligado à uma transmissão de duas velocidades, que garante o melhor aproveitamento da força das baterias.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!