Risa começa a utilizar caminhões pentatrem em suas operações no Maranhão

por Blog do Caminhoneiro

Cinco implementos, trezes eixos, 50 metros de comprimento e 130 toneladas de Peso Bruto Total Combinado. Esses são os conjuntos pentatrem, que começaram a ser usados recentemente pela Risa, como forma de acelerar o transporte da safra colhida no campo para as unidades de estocagem. Esse tipo de veículo não roda em rodovias públicas, apenas dentro das áreas de plantio da empresa.

O uso de composições tão grandes se tornou necessário após a empresa começar a utilizar colheitadeiras Case IH Axial Flow 9250, com plataformas de 62 pés. No ano passado, a Risa havia investido na compra de 50 tritrens basculantes e 50 caminhões para o transporte da colheita, e, mesmo com o investimento, viu a necessidade de uso de veículos com mais capacidade de carga.

Foram colocados em operação cerca de dez pentatrens, acoplados a cavalos-mecânicos MAN TGX 440. Um dos veículos é conduzido pelo caminhoneiro Paulo Jorge Corrêa de Oliveira, o QRA Buffalo, que nos contou um pouco da sua rotina nas estradas das fazendas Risa.

“Comecei na profissão em 2005, mas sou novo na empresa Risa. Assim como eu, cerca de 300 motoristas trabalham com caminhões de nove eixo, os tritrens. O pentatrem foi uma novidade que a empresa criou para rodagem interna na colheita, devido a demanda de suas colheitadeiras, que são equipadas com as maiores plataformas do mundo”, disse o caminhoneiro.

Ele afirma que, apesar do caminhão ser longo, a operação não difere muito de outros veículos longos, sendo apenas necessário um maior espaço para manobra, principalmente na entrada e saída das balanças.

Mesmo com o comprimento total de cerca de 50 metros, algumas vezes são necessárias manobras curtas em marcha-à-ré, principalmente no momento do descarregamento.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

14 comentários

VIVIANE J MINGUETTI 26/01/2022 - 21:23

Uma curiosidade.Manobrar de ré seria possível?

Reply
Cleber Do Nascimento Pereira 04/07/2021 - 00:42

O tamanho deste caminhão só nos mostra a dimensão da produção brasileira no campo,parabéns pra empresa 👏👏👏👏👏

Reply
GENIVALDO RODRIGUES DE AMORIM 03/07/2021 - 10:30

Tá tendo vaga ai na Risa trabalho com bitrem, rodotrem e tritrem

Reply
Alcebino Batista Almeida 03/07/2021 - 07:31

A inveja e a arma do incompetente deixa a empresa trabalhar e dela

Reply
Júnio 02/07/2021 - 16:18

Mano…pensa só quanto tempo pra fazer ar?! Kkkkkkkkkkk

Reply
Aldo Vanio Teixeirs 02/07/2021 - 13:38

Não sei porque tanta burrice,… é típica da classe. Sai uma notícia, e já põe política no meio. Povinho retardado! Cada um que cuide do seu ganha pão, e a fazenda que veja o que é melhor dentro de sua sede.

Reply
Roberto Luis 02/07/2021 - 12:30

50 x 3=150
10×5=50
Acho que errou a conta

Reply
Ronei Filippi 02/07/2021 - 11:05

Mas este tal de Fernando é um verdadeiro analfabeto vc não leu a matéria a empresa roda com os conjuntos somente dentro da própria propiedade e se ele quiser ele põem um trem lá e pronto deixar os cara trabalhar e produzir para o país crescer que é isto que o nosso país precisa de jente que queira produzir para o país crescer e não negativista encostados nas tetas do governo petralha que a pesares se não me falhe a memória acabou secou a teta
Vai trabalhar e deixa de críticar a Cida dos outros

Reply
Alisson 02/07/2021 - 11:03

Isso ocorre dentro da terras da empresa ela faz oque pra ela ser mais viável parabéns a todos

Reply
Vandré Magno 02/07/2021 - 10:57

Fernando, esse caminhoes não rodam em rodovias. Ele é para transporte interno dentro da fazenda. Ta na matéria. Isso não tem autorização pra andar em BR.

Reply
andrey almeida 02/07/2021 - 10:52

A quantidade de ANENCÉFALOS comentando aqui é absurda, parabéns a empresa e ao Anderson Gorgen, que de político não tem nada… kkkkkkkkk, a não ser a mesma admiração que tbm tenho pelo nosso Presidente Bolsonaro…

Reply
Paulo 02/07/2021 - 10:39

Ei salário continua o mesmo kkkkk mas boa sorte aos que vão abraçar a bucha

Reply
José clécio 02/07/2021 - 10:35

Fernando Marques Fonseca, acho que vc não leu a matéria, mas concordo com vc quando o assunto é de menos emprego, afinal de contas, um caminhão assim, realmente muda o quadro de funcionários, veja q foram 50 unidades de tri trem, e q estão sendo superados, por apenas dez penta trem.

Reply
Fernando Marques da Fonseca 02/07/2021 - 09:24

Pura ilusão menos cinco motorista só explorar um motorista além de destruir as estradas isso deveria ser proibido mas duvido está empresa não ser de político e os caras se acham os melhores ganham uma mixaria e colocam a vida das outras pessoas em risco aí quando se passa em balanças com 10 kg a mais vem multas essas ignorâncias de caminhões que destroem tudo

Reply

Deixe um comentário!