DAF já vendeu 1.000 caminhões da nova geração

por Blog do Caminhoneiro

Lançados há quase um mês, os novos caminhões DAF já tem mais de mil pedidos de clientes na Europa. A nova linha de caminhões DAF conta com os modelos XF, XG e XG+. Apesar da confirmação das mil unidades encomendadas, a DAF só vai iniciar a produção dos caminhões em outubro.

A nova linha de caminhões DAF é a primeira a se beneficiar das novas regulamentações europeias de dimensões e peso para as cabines. Essas novas regras permitem que as cabines dos caminhões sejam mais longas para atingir os próximos níveis de eficiência, segurança e conforto do motorista.

Graças à dianteira mais arredondada, 16 cm mais longa que a geração anterior, para-brisa curvo e uma série de novas tecnologias, os novos caminhões consomem 10% menos combustível, e também emitem menos CO2 na atmosfera.

“Nunca antes em nossos mais de 90 anos de história o marco de mais de 1.000 pedidos de clientes foi alcançado tão rapidamente após o lançamento oficial dos caminhões. O que torna este marco ainda mais especial é que a Nova Geração DAF só entrará em produção em outubro e de longe a maioria dos clientes ainda não pôde ver nossos magníficos caminhões na vida real. Isso mostra que iniciamos o futuro com o lançamento de uma série de caminhões revolucionários que realmente mudam o jogo em termos de eficiência, segurança e conforto do motorista”, disse Richard Zink, membro do Conselho de Administração da DAF e responsável por Marketing e Vendas.

Novos DAF

Design completamente novo

A nova linha de caminhões da DAF aposenta definitivamente a cabine do modelo XF, lançada ainda na década de 1980, que passou por diversas atualizações para se manter no mercado até agora. A cabine dos novos caminhões é completamente nova, mais moderna, e de alta eficiência na questão aerodinâmica.

Nesse quesito, a cabine é mais arredondada na dianteira, em 160 mm, para melhorar a aerodinâmica e também a segurança do motorista em caso de colisão.

Os modelos XG e XG+ tem uma cabine alongada na parte traseira, com 330 mm a mais de espaço para o caminhoneiro, oferecendo uma cama maior e mais espaço para movimentação interna.

De acordo com a montadora, a cabine é construída somente com os melhores materiais, com aço de alta resistência para a estrutura, e materiais premium, sensíveis ao toque, e couro, que são usados em todo o interior da cabine.

A iluminação é LED, de alta eficiência, é usada em todo o veículo, especialmente nos novos faróis, que recebem novas luzes diurnas (DRL), que garantem um visual imponente e reconhecível em qualquer condição.

Para o desenvolvimento dos novos caminhões, a DAF realizou mais de 20 milhões de quilômetros em testes funcionais, de durabilidade, confiabilidade e com clientes, para garantir que os novos modelos atendam aos mais exigentes padrões de qualidade.

Menos consumo

Os novos caminhões foram completamente otimizados para serem mais econômicos que os modelos da geração anterior vendida na Europa. Com isso, a montadora obteve 10% de redução no consumo de combustível nos novos modelos, com uma consequente redução nas emissões de CO2.

Para conseguir obter essa redução, a montadora trabalhou com dinâmica de fluidos para criar uma cabine praticamente perfeita em aerodinâmica, usando detalhes nos design, como para-brisa curvo, câmeras no lugar dos espelhos, vedação entre as peças e motor otimizado, além de trabalhar o fluxo de ar também sob a cabine.

Para garantir ainda mais economia, os novos DAF recebem os novos motores Paccar MX-11 e MX-13, com sistemas inteligentes de pós-tratamento dos gases do escapamento, menor peso e transmissão automática ZF TraXon, com sofisticados sistemas de assistência para o caminhoneiro.

A montadora também oferece o sistema de gerenciamento de frotas DAF Connect, além de intervalos de manutenção a cada 200 mil quilômetros ou uma vez por ano, o que acontecer primeiro.

Segurança

Para aumentar a segurança, um dos pontos fundamentais é melhorar a área de visão do motorista. Por isso, os novos DAF receberam um para-brisa e janelas laterais maiores. Além disso, como opcional, os caminhões podem receber um segundo vidro na porta direita, oferecendo uma visão melhor de pedestres e ciclistas ao lado do caminhão. Essa janela extra não impede a abertura total da janela do passageiro, algo inovador na indústria de transporte.

Outra novidade é a possibilidade da substituição dos espelhos retrovisores convencionais por câmeras de alta definição. Essas câmaras oferecem alta visibilidade em qualquer situação, e praticamente eliminam os pontos-cegos dos veículos.

O volante do modelo é multifuncional, e oferece todas as funções relacionadas à direção do veículo, para que o motorista não precise tirar sua atenção da estrada.

Botões com comandos considerados secundários, são instalados no painel, ao alcance das mãos do motorista.

Luxo para o motorista

As novas cabines dos caminhões DAF oferecem um novo padrão de luxo e conforto para o motorista. A DAF melhorou a posição de dirigir, o espaço interior, a cama, os controles e acabamento em todas as versões dos novos caminhões.

A nova cabine do DAF XG+ tem 12,5m³ de espaço interno, quase 15% a mais que a maior cabine oferecida na Europa, a do DAF XF Super Space Cab.

O banco do motorista e coluna de direção tem uma infinidade de ajustes, e os assentos podem ser girados para o motorista ter uma posição relaxante com o caminhão parado.

O painel do caminhão é totalmente digital, e pode ser configurado pelo motorista da forma que ele preferir. Uma segunda tela, que pode ser instalada no painel, é disponibilizada como opcional, e garante acesso ao sistema de GPS e de entretenimento da DAF.

As camas para todas as versões de cabine tem 2,22 metros de comprimento, com 80 centímetros de largura para os modelos XG e XG+.

A DAF também oferece, como opcional, a DAF Relax Bed, uma cama ajustável, que pode ser configurada como uma poltrona reclinável, de forma manual ou elétrica.

O DAF XG+ conta ainda com um sistema de ar-condicionado quente/frio Park Airco, que garante o melhor clima dentro da cabine, mesmo com o motor desligado.

O chassi foi modificado na dianteira, com nova suspensão da cabine e novo design para a suspensão do eixo traseiro, garantindo mais conforto para o motorista durante a condução.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

1 comentário

Suelen 30/12/2021 - 01:02

Eu abriria mão de uma cama e projetaria um banheiro, mantendo apenas a cama de cima e se fosse o caso no espaço sobrando em baixo uma poltrona mais confortável para momento parados q não quisessem utilizar a cama e q também serviria para quem viaja em família

Reply

Deixe um comentário!