Guerra já vendeu metade da produção prevista para este ano

A produção de implementos rodoviários da Guerra, que foi adquirida pela Rodofort, será iniciada nos próximos dias. As 300 primeiras unidades serão do modelo Rodotrem Graneleiro, que fazem parte da Série Origens. Pouco mais de um mês após o anúncio, cerca de 150 unidades já tem destino certo.

“Ficamos surpresos com essa acolhida forte por parte do mercado. Isso mostra que o mercado aceitou bem a nova gestão da Guerra e a estratégia de atuar em paralelo a Rodofort”, afirma Alves Pereira, diretor executivo da Rodofort.

A linha de produção da Guerra foi mantida em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, e, além da linha inicial, de graneleiros, a empresa também passará a fabricar implementos basculantes e tanques.

Os primeiros Rodotrem Graneleiro Série Origens serão produzidos na segunda quinzena de setembro. A escolha do modelo foi feita por causa do bom desempenho do mercado de agronegócios em 2021. A Série Origens segue o padrão de PBTC de 74 toneladas para transporte de grãos, carga ensacada além de outras aplicações para o transporte de agroprodutos.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

Deixe um comentário!

Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt 300 vagas para caminhoneiros brasileiros em Portugal