Transporte de cargas com carretas blindadas será realizado na região Nordeste do Brasil

por Blog do Caminhoneiro

A empresa Prosegur Cash, unidade de negócio responsável pelos serviços de Logística de Valores do Grupo Prosegur, começou a oferecer o serviço de transporte de cargas especiais com caminhões e carretas blindadas na região Nordeste. O ponto de partida das operações são os estados da Paraíba e Pernambuco. Para garantir grande capacidade de carga, a empresa oferece veículos totalmente blindados que vão desde truck até rodotrem para atender às indústrias de eletroeletrônicos, telecom, farmacêuticos, joias e grandes varejistas, e que podem se estender a todos os estados da região.

Além dos veículos, a Prosegur se destaca por oferecer em seus caminhões todos os serviços que demandam o transporte desse tipo de carga incluindo escolta, seguro da carga, auditoria de segurança, gerenciamento de risco e o transporte em si. Os caminhões tem capacidade para o transporte de até 48 paletes de cargas.

“Hoje, com a presença cada vez maior de produtos high-tech, houve um crescimento exponencial na demanda por transporte de eletroeletrônicos que, no País, ainda possui um alto índice de sinistralidade. A Prosegur expandiu sua área de atuação com o serviço de transporte de cargas especiais para a região Nordeste – concentrado anteriormente no Sudeste, por reconhecer a importância econômica da região para o País. Com a nossa frota de caminhões blindados, monitorados em tempo real e com segurança embarcada podemos oferecer em uma única solução todos os serviços que o cliente necessita para transportar sua carga de alto valor agregado, contando com toda segurança que demanda esse tipo de carga, comenta Sérgio França, diretor comercial e de estratégia da Prosegur Cash.

Atualmente, a empresa tem mais de 1.700 veículos blindados, para o transporte de valores e cargas especiais de todos os tipos, atuando em todos os estados brasileiros, e chegando quase a totalidade dos municípios, com atendimento em 4.456 cidades.

Todos os veículos são equipados com fechaduras randômicas, sistema de videomonitoramento, sensores que podem ser aferidos em tempo real pela CMCV – Central de Monitoramento de Cargas Valiosas, entre outros sistemas.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!