Começa a faltar Arla32 na Europa

por Blog do Caminhoneiro

Assim como no Brasil, o valor dos combustível tem subido constantemente na Europa, espremendo as margens de ganhos dos transportadores. Para piorar a situação, agora o preço do Arla32, chamado no continente europeu de AdBlue, também disparou.

O motivo foi a suspensão total da produção nas três maiores empresas produtoras do produto, devido ao aumento exorbitante no valor do gás. Inicialmente, a empresa Duslo, da Eslováquia, a maior fabricante do aditivo, paralisou a produção. Depois foi a vez da empresa alemã SKW Piesteritz, seguidas pela Yara, da Itália.

Com a paralisação da produção noticiada, muitos transportadores correram comprar o AdBlue nos postos, e muitas regiões já não tem mais o aditivo para venda.

Entidades tentam acalmar os transportadores, alertando que o problema é temporário e que não se deve realizar compras antecipadas. Devido à correria aos postos, a compra foi limitada em 100 litros por cliente. O preço do produto já dobrou em algumas regiões, principalmente na Eslováquia, onde o problema foi sentido inicialmente.

O AdBlue é um aditivo à base de ureia, que é injetado no sistema de escapamento dos caminhões Euro 4, Euro 5 e Euro 6, além de alguns modelos de automóveis e picapes a diesel, para reduzir as emissões de NOx.

Geralmente, o consumo é de 5% do consumo de diesel, ou seja, para cada 100 litros de diesel, são consumidos cerca de 1 litro do aditivo.

Mas caso o produto falte, o veículo tem sua potência limitada em 40%, para evitar danos no sistema de pós-tratamento, e pode parar completamente de funcionar, como forma de evitar problemas maiores.

O problema ainda é localizado, exclusivamente na Europa, e não afeta o Brasil.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!