Empresa chinesa revela caminhão elétrico Xingtu

por Blog do Caminhoneiro

As notícias trazendo novidades sobre caminhões elétricos não param. Além das montadoras tradicionais e conhecidas pelos transportadores, diversas empresas novas estão surgindo no mercado, trazendo inovações para o segmento. É o caso da DeepWay, uma empresa financiada pela chinesa Baidu, que apresentou o caminhão elétrico Xingtu.

O caminhão também é equipado com um sistema de direção autônomo criado pela Baidu, chamado de Apollo, que funciona com nível de automação 3, onde o caminhão pode operar sozinho, mas precisa ter um motorista a bordo, principalmente em situações de tráfego denso.

Para o futuro, o caminhão deverá receber um nível de automação 4, que quer dizer que o veículo não precisará ter um motorista dentro da cabine nem para emergências, podendo lidar com qualquer situação no trânsito urbano ou de rodovias. Essa tecnologia deverá chegar ao mercado entre 2024 e 2026.

“A direção autônoma deve usar tecnologia avançada sem motorista para criar novos produtos que ofereçam a melhor experiência para alcançar o sucesso comercial. Nosso objetivo é criar valor em cenários da vida real, como transporte de pessoas, entrega e outros serviços. Esta nova geração de veículos não é apenas um caminhão modificado – é um caminhão robô”, disse Yunpeng Wang, vice-presidente e gerente geral de tecnologia de direção autônoma da Baidu.

Apesar da alta tecnologia embarcada, as baterias do veículo garantem baixa autonomia, de apenas 300 km, mas a empresa diz que poderá ser carregado em apenas uma hora, ou pode ser realizada a troca rápida das baterias, em apenas seis minutos.

Por dentro, o veículo adota espaços separados para o caminhoneiro dirigir, trabalhar e viver, garantindo mais conforto e comodidade.

O sistema Baidu Apollo, que equipa o caminhão, foi criado em 2013, e já acumula mais de 10 milhões de quilômetros em testes com diversos tipos de veículos.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!