Rally Dakar terá caminhão movido à hidrogênio em 2022

por Blog do Caminhoneiro

Entre os dias 1º e 14 de janeiro de 2022, no Rally Dakar, um caminhão totalmente movido a hidrogênio irá correr. É o H2 Racing Truck, desenvolvido pela empresa francesa Gaussin, especializada em soluções baseadas em células de combustível de hidrogênio.

De acordo com a empresa, o caminhão está totalmente preparado para participar do Dakar, que é a competição mais difícil do mundo para veículos. A empresa também irá usar os resultados obtidos com o caminhão no rally para aprimorar o desenvolvimento dos veículos comerciais.

Movido a hidrogênio, o caminhão não emite nenhum poluente durante sua operação, convertendo o combustível em eletricidade, que alimenta baterias e motores elétricos. O tempo de abastecimento é de apenas 20 minutos, e o caminhão pode rodar até 800 km com os tanques cheios.

O design do caminhão que irá participar do rally foi criado pelo renomado estúdio Pininfarina, da Itália, trazendo linhas harmoniosas e integradas, destacando o visual futurista do modelo.

Esse será o caminhão a hidrogênio mais potente do mundo, com dois motores elétricos de 300 kW cada um (407 cavalos de potência cada), que serão alimentados por células de combustível de 380 kW, que usarão 80 kg de hidrogênio.

Conforme o regulamento do Dakar, a velocidade máxima será de 140 quilômetros por hora, com autonomia para rodar 250 km entre cada abastecimento. Apesar de competir, o caminhão foi criado e homologado respeitando os padrões necessários para rodar em estradas públicas.

Para garantir a segurança, a Gaussin realizou diversos testes com as baterias, células de combustível e tanques de hidrogênio, com padrões bem acima do exigido para caminhões rodoviários, garantindo que a competição seja realizada com toda segurança.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!