Mack inicia produção de um novo caminhão elétrico

por Blog do Caminhoneiro

A Mack Trucks, que faz parte do Grupo Volvo Trucks e atua na América do Norte, anunciou ontem o início da produção do modelo LR Electric, que está sendo montado na fábrica de Lehigh Valley Operations, em Macungie, no estado norte-americano da Pensilvânia.

O Mack LR é um modelo com cabine avançada, próprio para operações como coleta de lixo. Na versão elétrica, ele é equipado com quatro baterias de íon-lítio NMC (Níquel Manganês Cobalto), que garantem autonomia para um dia completo de operação de coleta de resíduos.

Para ampliar a autonomia, o caminhão também é equipado com um sistema de frenagem regenerativa, que faz os motores elétricos recarregarem as baterias durante desacelerações.

Além de poder receber qualquer tipo de caixa de carga, o novo LR Electric conta com as mesmas opções da versão a diesel, e pode receber volante à direita, alterações nos bancos e até nas portas, conforme a necessidade do cliente. A principal diferença para o modelo diesel é o Bulldog da Mack instalado abaixo do parabrisa, que é pintado na cor cobre quando o modelo é elétrico.

“A Mack é há muito tempo líder no segmento de coleta de lixo e não poderíamos estar mais satisfeitos em produzir veículos elétricos Mack LR para ajudar nossos clientes a cumprir suas metas de sustentabilidade. A resposta do cliente ao LR Electric tem sido extremamente positiva”, disse Jonathan Randall, vice-presidente de vendas e operações comerciais da Mack Trucks.

“Estamos produzindo com sucesso o LR Electric na nossa fábrica e atendendo aos pedidos dos clientes enquanto conversamos. Gostaria de reconhecer o trabalho árduo e a dedicação dos funcionários da Mack que se prepararam ansiosamente para este momento”, disse Gunnar Brunius, vice-presidente e gerente geral da unidade da Mack na Pensilvânia.

O Mack LR Electric foi anunciado em 2018, com modelos de testes sendo entregues a potenciais clientes até esse ano. Com o início da produção, todos os primeiros clientes interessados já irão receber os modelos até o segundo trimestre de 2022.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!