PRF retém caminhão com suspensão irregular no Tocantins

por Blog do Caminhoneiro

Na tarde de ontem, quinta-feira, a Polícia Rodoviária Federal do estado do Tocantins reteve um caminhão que transitava com diversas irregularidades pela BR-153. Entre os problemas, estava a suspensão elevada. A ação ocorreu na cidade de Gurupi, no sul do estado.

Além da suspensão elevada fora do padrão estabelecido pelo Contran, o caminhão estava com as placas ilegíveis, sem disco de tacógrafo, sem faixas refletivas e também transportava carga maior do que a carroceria, o que é proibido. Para piorar a situação, o motorista não tinha habilitação.

A suspensão alterada de forma irregular pode ser extremamente perigosa em caso de uma colisão traseira, que que um automóvel pode entrar em baixo do caminhão, e, em caso de acidente envolvendo outro caminhão, a carroceria atinge o para-brisa do veículo de trás, com grande possibilidade de prensar o motorista.

O caminhão foi retido e só será liberado após todas as irregularidades serem sanadas, para um motorista devidamente habilitado.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

2 comentários

Silva 17/03/2022 - 06:44

Parabéns a policia rodoviária pelo ótimo trabalho tem que pegar pesado com essa galera irresponsaveis no trânsito.

Reply
Gato Preto 01/02/2022 - 18:38

A LEI da gravidade não pode ser mudada nem contestada!
Quanto maior o centro de gravidade, menos a resistência ao tombamento!
Alguns afirmam que fica mais bonito, tem gosto pra tudo não é?!
Pelo que li há muito tempo, essas alterações se deram no NE onde transportadores de frutas, elevavam a traseira do caminhão para carregar menos peso onde a altura máxima de 4,4 mts, permitida por lei era atendida sem a necessidade de AET, e assim carregando menos carga e consequentemente menor peso.
Que bom ver esses cidadãos serem parados pelas suas ignorantes vontades, desobedecendo leis e colocando vidas em risco!

Reply

Deixe um comentário!