Venda de peças e planos de manutenção Mercedes-Benz dispararam em 2021

por Blog do Caminhoneiro

As vendas de peças e de planos de manutenção oferecidos pela Mercedes-Benz registraram um importante crescimento em 2021, ano que ainda foi afetado pela pandemia.

“No ano passado, alcançamos um crescimento de 41% nas vendas de peças genuínas para caminhões e ônibus, em relação a 2020, chegando a mais de 7 milhões de itens comercializados no acumulado de janeiro a dezembro. Isso significa mais de 600 mil peças por mês ou 20 mil peças por dia”, diz Silvio Renan, diretor de Peças e Serviços ao Cliente da Mercedes-Benz do Brasil.

Somente nas vendas da Alliance Truck Parts, o crescimento foi de 105%, o que resulta em mais de 160 mil peças e acessórios dessa linha vendidos no ano de 2021. A terceira linha de peças oferecidas pela Mercedes-Benz, da família RENOV de remanufaturados, produziu 2,9 mil agregados no ano passado. Seu portfólio é composto por mais de 300 itens de 17 família de produtos.

“Com nossas três linhas de peças, oferecemos soluções ideais para cada perfil de cliente, atendendo suas demandas operacionais e expectativas de custos. Seja qual for sua necessidade, temos as alternativas adequadas. Com a vantagem da entrega em todos os estados do território nacional, por meio dos mais de 300 pontos de atendimento da nossa Rede de Concessionários”, ressalta Silvio Renan.

Planos de Manutenção Mercedes-Benz em 2021

Em 2021, a Mercedes-Benz chegou a 19.000 veículos ativos com Planos de Manutenção da própria marca, obtendo um incremento de 18% em relação ao ano anterior.

“Cerca de 46% dos caminhões Mercedes-Benz comercializados em 2020 foram adquiridos com nossos Planos de Manutenção. No caso de extrapesados, esse índice sobe a 64%, o que reforça a importância dessa solução que assegura a disponibilidade e a produtividade desejadas pelos clientes, especialmente aqueles que rodam por esse imenso país de dimensões continentais e que podem contar com os serviços especializados dos nossos concessionários”, disse Silvio.

O executivo informa ainda que 9.200 caminhões foram ativados com o sistema de gestão de frota Fleetboard no ano passado. Esse serviço foi ativado em mais de 60% dos caminhões vendidos com o módulo de telemetria em 2021.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!