Ministério das Relações Exteriores presta auxílio a caminhoneiros brasileiros na fronteira entre Argentina e Chile

por Blog do Caminhoneiro

O Ministério das Relações Exteriores anunciou que tem prestado assistência a caminhoneiros brasileiros que ainda estão parados na fronteira entre Argentina e Chile. De acordo com uma nota do Ministério, o Consulado-Geral do Brasil em Mendoza, na Argentina, levou comida e água para os motoristas no último sábado.

A nota do ministério também destaca que o consulado mantém contato com integrantes da polícia turística e da força de segurança argentina, que estimaram que a fila de espera estaria acabando.

O consulado diz que a demora se deve ao acúmulo de caminhoneiros que precisam apresentar resultados de exames PCR negativos.

Além dos mantimentos, os caminhoneiros receberam informações sobre o tempo de espera, prestadas pelo consulado, para ficarem mais tranquilos sobre o andamento da liberação dos veículos.

Bloqueio

A retenção de caminhões na fronteira entre a Argentina e Chile começou em janeiro, quando o governo chileno passou a exigir que os caminhoneiros que entrassem no país fizessem um teste de Covid-19 na fronteira. Com poucos agentes de saúde no local e o grande fluxo de caminhões, logo começou a se formar uma fila, que chegou aos 5 mil caminhões.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

1 comentário

José 08/02/2022 - 07:43

Se uma informação pra vcs da revista não bem isso não sobre a fronteira Argentina x Chile e que estão tentando passar para o Chile com teste PCR falço e não querem fazer um PCR em Los libertadores pôr este motivo as filas

Reply

Deixe um comentário!